SULACONTECE.com
 
Atividades Diversas # Auto News # Beleza da Mulher # Curiosidades # Eventos # Feiras # Festas # Esportes # Lazer # Turismo # Gastronomia

www.sulacontece.com 

AUTOMÓVEL É O ASSUNTO

Textos Luciano Dellarole

      

Fone: (48) 3257-6630

  Av: Leoberto leal 1324

Barreiros - São José - SC

Funilaria Pintura Martelinho de Ouro Polimento Vitrificação

(48)3028.2893 Florianópolis

   PUNTA DEL DIABLO - URUGUAI   

  www.eldiablotranquilo.com

 

Ferrari: Suor e Lágrimas em meio Século de corridas. Paixão que vem do coração

 

Já viu essa placa? Novembro 2012, mês em que o SULACONTECE.com foi colocado on line.  Fusca personalizado, na Ilha de Santa Catarina- Florianópolis, em 2013

"Encontrei" essa pickup no Encontro de Antigos em Termas do Gravatal, em Agosto 2011

 

2017

 

CAMINHÃO 100% ELÉTRICO TEM MOTOR CATARINENSE

PRIMEIRO CAMINHÃO 100% ELÉTRICO DA VOLKSWAGEN, FOI APRESENTADO NA ALEMANHA 

 

O caminhão E-Delivery - Emissão Zero, foi apresentado pela Volkswagen Caminhões e Ônibus no primeiro Volkswagen Truck & Bus Innovation Day realizado em Hamburgo, na Alemanha e marca um novo capítulo na história brasileira de transportes de carga por incluir a tecnologia da tração elétrica, que preserva o meio ambiente pela emissão zero de poluentes  e reduz o nível de ruído e os custos de manutenção.

A ELETRA, empresa nacional pioneira no desenvolvimento de ônibus elétricos no Brasil, foi a parceira da MAN-Volkswagen neste projeto, responsável pelo powertrain de tração e integração dos sistemas. Foi um trabalho que envolveu toda a experiência das duas empresas, de um lado 20 anos desenvolvendo sistemas de tração elétrica para ônibus e de outro a maior montadora de caminhões do Brasil e líder mundial. O resultado não poderia ser diferente, um produto que reúne sustentabilidade com qualidade e confiabilidade.

O caminhão E-Delivery é um projeto brasileiro que envolve toda a cadeia nacional de componentes. O motor elétrico e inversor, são da também brasileira WEG, uma multinacional com fábrica em vários países. Apenas as baterias não são produzidas no Brasil.

A bateria do E-Delivery tem um ciclo de vida de cinco anos e as recargas são feitas em média de três horas. Após este período de utilização, pode ser devolvida para a Volkswagen e será reutilizada em nobreaks por mais 25 anos. O conjunto elétrico possui ainda uma carga de oportunidade O próprio veículo conta ainda com um sistema de carga de oportunidade (recarga rápida), que dura 15 minutos e é feita com um carregador de menor potência.

No novo modelo as baterias também são recarregadas nas frenagens por meio de um sistema conhecido como Kers, sigla em inglês para sistema de recuperação de energia cinética. Quando o freio é acionado, o motor elétrico funciona como um gerador e a energia que seria desperdiçada na frenagem é reaproveitada e armazenada no banco de baterias.

Tecnologia brasileira

Para desenvolver o powertrain do E-Delivery, a ELETRA utilizou toda a experiência em veículos comerciais 100% elétricos. A empresa foi pioneira, em 2013, com o lançamento do E-Bus, primeiro ônibus elétrico brasileiro movido 100% a bateria. 

Com sede em São Bernardo do Campo, SP, a ELETRA é referência mundial na produção de veículos elétricos e diferentes tecnologias: Elétrico puro, com bateria; Trólebus (rede aérea); Híbrido (grupo motor gerador + baterias); Dual Bus – Híbrido, elétrico puro e Trólebus, que como elétrico puro, além de emissão zero, consome 33% menos energia, pela eficiência na frenagem regenerativa.

Criada em 1988, a ELETRA lançou em 1999, o primeiro ônibus elétrico híbrido com tecnologia brasileira. Hoje, a marca está presente em 400 ônibus com tração elétrica em operação na grande São Paulo, além de cidades como Rosário, na Argentina, e Wellington, na Nova Zelândia. Somente na cidade de São Paulo foram fornecidos 220 ônibus elétricos nos últimos quatro anos.    

Informação acima recebida de Secco Consultoria de Comunicação

 

JÁ NÃO É COISA DO OU PARA O FUTURO

 

Os veículos híbridos/elétricos são realidade. Fusion, Leaf e Prius são exemplos de automóveis de passeio disponíveis no Mundo. No Brasil Fusion e Prius podem ser comprados.

 

A intenção é a de informar apenas. Não há interesse em divulgar essa ou aquela marca. Esclarecida essa questão, aí vai informação: Sedan top de linha da marca japonesa que produz o bem sucedido Prius custa no Brasil ao preço de agosto 2017 R$ 120 Mil. Por 10% a mais pode-se comprar o modelo híbrido(motores a gasolina e elétrico) em lugar da versão mais cara do sedan com motor flex, apenas a combustão.

 

O Leaf, por enquanto, apenas esteve em testes no Brasil.

 

Fusion híbrido tem preço de R$ 165 Mil, pouco acima da versão AWD do modelo, que tem apenas o motor a combustão.

 

Marca alemã oferece modelo 100% elétrico, esse sim recarregável em tomadas na rede de energia elétrica. A desvantagem é a menor autonomia e o tempo de recarga da bateria. Mas tem a vantagem de ser 100% livre de emissão de gases poluentes advindos de queima de combustível. Custa R$150 Mil.

 

Marca sueca promete ter em suas linhas de produção apenas veículos "limpos" já a partir de 2019.

 

Se os carros elétricos ou híbridos ainda não são "populares" em preço, também já não têm preços estratosféricos, e, o mais importante, já são realidade disponível para compra.

 

Empresas brasileiras estão desenvolvendo ônibus e micro ônibus movidos a energia "limpa".                                                                                                                              Luciano Dellarole

 

 

BRASILEIRO DE RALLY/ROTA SC

A dupla formada pelos irmãos Leo e Fred Zettel obteve a quarta colocação no ROTA SC. Foi a segunda prova dos paranaenses com o 4x4 de 330 cv de potência. Mais bons resultados acontecerão.    Questão comum no automobilismo brasileiro, a dupla não teve patrocínio suficiente para disputar a etapa paulista que demanda maior custo devido à logística necessária em função da maior distância. Leo Zettel encontrou boa maneira de não deixar de participar e vai atuar como comentarista.

Caso tenha empresa ou marca e julgue interessante e oportuno divulgar no esporte através do Rally em evento de âmbito nacional contato@zettelsport.com.br

 

Emerson Fittipaldi lança seu carro

 

Apresentação no tradicional Salão de Genebra emocionou o brasileiro e comprovou seu prestígio internacional

Motor V 8 com potência de 600 cv. Design italiano by Pininfarina. Apenas 1.000 Quilos de peso. Assinatura do bi campeão mundial da F 1 Emerson Fittipaldi que pediu ao estúdio de design o mais próximo ao formato de um Tubarão, que na opinião do piloto brasileiro é o mais perfeito dos desenhos de Deus.

E, foi feita a vontade do campeão. Com resultado incrívelmente belo.

Emerson sempre gostou do numeral 7 e o batismo na sigla do bólido é homenagem aos sete filhos e também aos sete netos. Está prevista a produção de 39 carros, número que representa a soma das vitórias(36) e títulos do bi campeão na F 1 e campão na Indy.

Preço deverá ser de 1 milhão de dólares. E muito provávelmente os exemplares terão valorização exorbitante atingindo cifras estratosféricas. Ou não. O tempo dirá.

2016

NOVEMBRO

EXTRA SUL/FÓRMULA 1

FINALMENTE, NOVO CAMPEÃO, E DANDO SEQUÊNCIA A TRADIÇÃO FAMILIAR

Nico Rosberg sagrou-se Campeão Mundial de Pilotos 34 anos após a conquista de seu pai Keke em 1982

Agora são 33 os pilotos que compoem a galeria de Campeões da F 1. Já os sobrenomes são 30, uma vez que Rosberg aparece duas vezes e Hill por quatro vezes: Phill Hill (EUA) em 1961; Graham Hill em 1962 e 1968 e seu filho Damon Hill em 1996, exatos 34 anos após o primeiro título do pai, fato que Nico Rosberg coincidentente repetiu com intervalo idêntico! Uma diferença: Graham e Damon, ambos ingleses. Keke é finlandês e Nico é alemão.

A temporada 2016 fadada a ser enfadonha e sem graça mostrou um Rosberg sempre concentrado, dedicado, evolutivo, profissional. E um Hamilton com a mesma velocidade de sempre e surpreendentes controles em situações de pista complicadas como no GP Brasil e na decisão em Abu Dhabi prova em que literalmente controlou o ritimo, andando menos do que poderia com a nítida e declarada intenção de criar condições para que algum carro da Ferrari ou da RBR alcançassem e superassem seu companheiro na Mercedes e rival na disputa pelo título. Quem diria! Hamilton estrategista além de velocista, pode ser a receita com o ingrediente que faltava. Mas 2017 terá novo regulamento técnico e carros com alterações aerodinâmicas e pneus mais largos, e Rosberg vai ter nova oportunidade de mostrar o quanto vale a concentração, dedicação e foco. Mas, a lição 2016 pode ter ensinado algo ao tri campeão Hamilton.

Nem só da dupla da Mercedes foram as emoções geradas pelos pilotos. O holandês Max Verstapen surgiu como um relâmpago, brilhou, ofuscou alguns e promete obter novas vitórias. O australiano Daniel Ricciardo venceu um GP, foi sempre combativo e também muito rápido quando o equipamento permitiu. Vettel revelou seu lado chorão ou melhor reclamão mas foi eficiente dentro do que a Ferrari ofereceu em desempenho. O finlandês Kimi Raikkonen surpreendeu à maioria sendo tão rápido quanto o tetra campeão Sebastian Vettel, alemão, como Michael Schumacher e Nico Rosberg.

Esses seis pilotos poderão fazer de 2017 uma das melhores temporadas da história do automobilismo. O Brasil poderá estar fora da categoria, sem representante entre os pilotos e sem ter GP. A Alemanha não terá GP em 2017.

Dimas Volvo chega a Balneário Camboriú

Com foco em diferenciais de atendimento para consumidores que valorizam segurança, luxo e sofisticação, a concessionária de veículos premium abriu as portas

Representante exclusivo da marca sueca Volvo Cars em Santa Catarina, o distribuidor Dimas Volvo inaugurou a segunda unidade no Estado no dia 10 de novembro. Localizada no Casa Hall Shopping, a loja já comercializa as versões 2017 dos modelos S60 (sedan), V60 (perua), V40 (hatch) e XC60 (SUV com opção de motor a diesel ou gasolina), além do SUV de 7 lugares XC90.

XC60

A Volvo é uma das maiores e mais tradicionais fabricantes de carros de luxo do mundo e tem a segurança como grande diferencial. Os carros da marca foram os primeiros a apresentar inovações como cinto de segurança de três pontos, airbag e freio ABS, itens considerados essenciais atualmente para a segurança dos veículos em geral.

Destaque nacional

A aposta no mercado de luxo é uma estratégia que tem se mostrado acertada para a Dimas Volvo, que está à frente da bandeira Volvo Cars há três anos em Santa Catarina. Com foco na qualidade dos serviços oferecidos, este ano a empresa conquistou, pela segunda vez consecutiva, a maior satisfação geral entre os clientes da marca no Brasil. 

Em Balneário Camboriú, a concessionária inaugurada está de acordo com os padrões globais do projeto Volvo Retail Experience – conceito que adequa arquitetura e mobiliário para propiciar um relacionamento mais intimista do cliente com os vendedores e técnicos que cuidam da manutenção dos automóveis.

A nova unidade da Dimas Volvo também conta com uma oficina alinhada com o inovador sistema Volvo Personal Service de atendimento, pelo qual o consumidor agenda a revisão com antecedência e é atendido por um técnico exclusivo. Enquanto aguarda, o proprietário desfruta de um lounge equipado com aparelhos eletrônicos, rede wifi e serviço de cafeteria. Além disso, pode acompanhar os reparos através de um ambiente com vista para a oficina e esclarecer dúvidas durante a realização do trabalho.

Informação transmitida por Julia Santos da Agência Comunicaz

N.E. A primeira loja Dimas Volvo em SC está instalada em São José na marginal da BR 101, em Barreiros. Feitas apenas adequações de tempo no texto com objetivo da maior clareza ao internauta.

RALLY - Campeonato Brasileiro

IRMÃOS ZETTEL VENCEM RALLY DE PIRAQUARA E FICAM A 1 PONTO DA LIDERANÇA

Leonardo(Leo) e Frederico(Fred) Zettel, dupla de Curitiba ficou com a vitória na etapa disputada "em casa" como pode-se considerar pela proximidade com o local de moradia e sede da equipe que prepara o Gol 17

                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                      Com a vitória a dupla assumiu a segunda colocação no Campeonato Brasileiro de Rally.

Nos dias 01 e 02 de julho aconteceu o Rally de Piraquara, na cidade de mesmo nome, na região metropolitana de Curitiba. Valendo como quarta etapa do Campeonato Brasileiro e segunda etapa do Campeonato Paranaense de Rally, a prova percorreu 9 trechos cronometrados em estradas de terra da região.

“O relevo favorece a realização de provas de rally e o tipo de piso da região é um dos preferidos dos pilotos”, conta o Leo Zettel, que compete com seu irmão, Fred, a bordo de um VW Gol na categoria RC5 (para veículos 1.6 de produção).

Os irmãos não estavam com bons resultados nesta temporada e precisavam uma vitória para voltar à briga pelo campeonato. “Este foi um fim de semana em que tudo deu certo”, brinca Leo. “Por estar em casa, pudemos contar uma grande torcida, o carro estava ótimo e o clima ajudou muito”, completa o piloto.

A dupla começou a prova na quarta colocação e foi aos poucos superando alguns adversários, enquanto outros ficavam pelo caminho, até completar a prova na primeira colocação.

O Rally de Piraquara valeu também pelo Campeonato Paranaense de Rally. A dupla Zettel foi campeã na categoria RC5 em 2015, sendo obrigada a subir de categoria, estão pontuando no regional na categoria RC4 (para veículos 1.6 preparados). Mesmo com carro menos potente os irmãos acreditam que podem ser regulares e obter um bom resultado.

Categoria RC5 – para veículos 1.6 de produção

1.       Leonardo Zettel / Frederico Zettel – VW Gol – 1:19:00,5

2.       Michel Mueller / Gabriel Morales – Peugeot 207 – 1:19:53,3

3.       Edu Paula / Bruno Scarpelli – Peugeot 207 – 1:20:03,1

4.       Fabio Simsen / Gilson Rocha – Peugeot 207 – 1:51:23,0

5.       José Barros Neto / Alessander Soares – GM Celta – 2:04:20,6

Com o resultado, a dupla está a apenas 1 ponto atrás da liderança.

1.       Fabio Simsen / Gilson Rocha – 62 pontos

2.       Leonardo Zettel / Frederico Zettel – 61 pontos

3.       Edu Paula / Bruno Scarpelli – 55 pontos

4.       Carlos Scheffer / Luis F. Eckel – 45 pontos

5.       José Barros Neto / Alessander Soares – 44 pontos

O próximo desafio da dupla será no mês de agosto, na região de Itaiacoca, em Ponta Grossa / PR. Em seguida a equipe parte para Taubaté / SP para a quinta etapa do Campeonato Brasileiro de Rally.

Os irmãos Leo Zettel e Fred Zettel contam com a estrutura da ProMacchinaMotorsport, patrocínio da WZ Comm – Comunicação que mostra resultados, Balaroti – Sua casa em 1º lugar, GoBS – distribuidor Exclusivo OMP no Brasil e apoio da Industrial Design – móveis com design industrial.  

 A VOLTA DO PUMA 
 
A marca teve as versões Coupe e Spyder e ainda a GTB de maior porte. Para dar sequência à tradição das pistas para as ruas. Linhas nitidamente inspiradas no design italiano que produz alguns dos mais belos carros
 
                                                                                                                                                                Chassis tubular, motor e tração na traseira, carroceria(ou carenagem) em fibra de carbono

MARCAS E NOMES QUE FAZEM A HISTÓRIA DOS FORA-DE-SÉRIE BRASILEIROS

 
Bianco, feito para as pistas.
Brasinca, que fez o Uirapuru.
Chamonix fez os Porsche Speedster 356 e Spyder 550 S, réplica do carro que James Dean dirigia ao se acidentar e morrer. 
Corona, fez o Dardo, réplica do Fiat X 1.9?
Dacon, criou o pequeno Nick Pag e fez também o Passat com o que era chamado "vidro bolha" na parte traseira.
Envemo, fez a répilca do Porsche.
Glaspac que fez réplica do Shelby Cobra.
Lafer, fez o MP, inspirado no MG inglês.
Lobini um dos projetos mais recentes. Tinha bela aparência e acabamento.
Miura, a marca de origem gaúcha teve vários modelos.
Santa Matilde, usava mecânica Chevrolet e tinha versão fechada e conversível. 
Sulam, fez transformações em Fusca(conversível), Passat e Ka, de primeira geração(conversível).
Tarpan, em versão fechada e conversível. 
Willys foi a montadora pioneira em esportivo brasileiro, com o Interlagos, inspirado no francês Renault Alpine na versão coupe e que ganhou também versão conversível.
Gurgel foi o maior fabricante de carros não convencionais no Brasil. Teve o "jipinho" X 12 em versão fechada e aberta(capota de lona); os city car BR 800 e Moto Machine. Faltavam acabamento e requinte e sobravam confiabilidade e robustez, traduzida pelos 100 mil km de garantia dados à estrutura das carrocerias.
A VW teve os seguintes modelos com linhas esportivas: Karmann Ghia(fechado e conversível), Karmann Ghia TC, SP l e SP ll.
 
Réplicas de Corvette Stingray 77, picape Marta Rocha, Jaguar XK 120, Ferraris, Lamborghinis e Porsches existem ou existiram para atender aos entusiastas, sendo comercializadas em kits.
Buggys já foram fabricados: BRM(atual Way), Emis, Fyber, Glaspac, Kadron, Leblon, Mobby, Terral, Toy e Selvagem.
 
POUCA, MAS ALGUMA EXPERIÊNCIA
Tive alguns esportivos ou "esportivos". A lista não é longa: MP Lafer, Passat GTS Pointer 1.8, duas unidades do Ford Escort XR3 Conversível 1.8, Honda Prelude, Mazda MX 3. Por curto período Buggy Terral 2(dois lugares). Havia também o Terral 4(lugares).
Avaliei Chamonix Spyder S 550, VW Gol GTi e Chevrolet Kadett GSi Conversível.
 
Chamonix Spyder 550S (Foto: Reprodução)
 
GRAMADO REALIZA ENCONTROS DE CARROS ANTIGOS A CADA DOIS MESES
A cidade da serra gaúcha onde em agosto acontece o Festival de Cinema(esse ano de 26 agosto a 03 setembro), realiza a cada dois meses, Encontro de Carros Antigos. Os eventos automotivos acontecem nos meses pares.
Em 2016 o calendário dos Encontros é: 28 fevereiro; 24 abril; 26 junho; 28 agosto; 30 outubro; 18 dezembro.  

EM SETEMBRO

ENCONTRO CATARINENSE DE VEÍCULOS ANTIGOS EM FLORIANÓPOLIS

Dias 10 e 11 de setembro o Veteran Car Clube Florianópolis realiza a segunda edição do Encontro a nivel estadual e ao mesmo tempo o 21º Encontro do Veteran Car Clube.                                              Premiação aos Clubes e aos Veículos expostos fazem parte do evento, que terá Jantar de Confraternização, por adesão.

Encontros de Autos Antigos aconteceram em Cocal do Sul dia 09 e em Rancho Queimado dia 31 de julho. E em Floripa dias 07 e 08 de agosto no bolsão do Koxixo's, na Beira Mar Norte.

ENCONTRO DE FUSCAS Em Timbó dia 03

VII ENCONTRO NACIONAL DE MOTOR HOME Em Pomerode dias 15 a 25

RALI

DUPLA COM TÍTULOS COMEÇA PONTUANDO

A dupla campeã parananense e vice-campeã brasileira de Rali em 2015, formada pelos irmãos Leo e Fred Zettel, de Curitiba, obteve a quarta colocação na prova de abertura da temporada 2016 que aconteceu no segundo final de semana de março, em Pomerode-SC. Para chegar a um título é preciso terminar as provas e acumular os pontos possíveis a cada etapa de acordo com as circunstâncias. A dupla Zettel conhece bem esse caminho para ir em busca de mais títulos esse ano e começou a temporada 2016 de forma positiva. A estrutura da ProMacchina Motorsport no preparo do Gol e os patrocínios da WZ Comm - Comunicação que mostra resultados, Balaroti - Sua casa em 1º lugar, GoBS - distribuidor Exclusivo OMP no Brasil foram renovados e mantidos. Continuidade colabora para o sucesso. A dupla tem apoio da InContainer - móveis com design industrial.

FEVEREIRO 2016

ENCONTRO DE ANTIGOS EM PIRATUBA-SC

A cidade de águas termais sediou o VIII Encontro de Autos Antigos que aconteceu entre os dias 19 e 21 na cidade do Oeste catarinense, e faz parte das comemorações pelos 67 anos da cidade. O SULACONTECE.com foi conferir com o apoio do Thermas Piratuba Park Hotel.

Da velha guarda nacional Candango(o jipinho DKW), Fissore, Simca Chambord, Charger, Dart, Dodge 1800, Corcel, Galaxie, F 1000, Maverick GT com o  motor 302 V8, Maverick Sedan 4 portas, XR3 Conversível, Chevette, C 10, Caravan, Opala, Veraneio, Brasilia, Fusca, TL. Os esportivos fora de serie Bianco, Miura, MP Lafer, Puma (GTC e GTE), SM, além de Karmann Ghia e SP II.

Importados, além de pick ups Chevrolet e Ford, Cadillac e Volvo Sedan ambos 1958. E, atração em toda e qualquer feira ou exposição de Antigos, os Ford 29, identificados por grande parte do público como "calhambeques".  

Suppi, modelo fora de serie fabricado em 2007 com carroceria de madeira e design "a la" calhambeque, sem capota, chamou a atenção.

Valores? Apenas perguntei  o do Fissore: R$ 58 mil foi o preço dois meses antes do Encontro. E o MP, o proprietário disse que podem ser encontrados entre R$ 40 e R$ 100 mil. Encontros em Lages e Lagoa Vermelha já estavam sendo divulgados em Piratuba.

O pequeno Cadillac!                                                                                                                   Espaço e luxo no final dos anos 50 nos Estados Unidos e final anos 60 até meados 80 no Brasil

N.E. Confira os cardápios do Festival Gastronômico do Thermas Piratuba Park Hotel em www.sulacontece.com/atividadesnosul.htm ou acesse Atividades Diversas a partir da página inicial e veja as imagens em www.sulacontece.com/gastronomias.htm 

PRA OFF ROADER NENHUM RECLAMAR

Sherp ATV é o veículo russo que pesa 1,2 tonelada e usa motor Kubota de apenas 44 cv. Capacidade de andar sobre terreno acidentado, gelo e até na água, enfim ultrapassar quaisquer obstáculos, tudo graças aos pneus gigantes.  Custa US$ 50 mil. Detalhe: nas ruas e estradas não pode circular. Visual lembra o de algumas miniaturas radio controladas. Ou um big foot com jeito de bonzinho...

JANEIRO 2016

ATÉ O PAPAI NOEL CURTE UM "29"

Esse foi "rebocado" do fundo do baú de arquivos eletrônicos. Imagem feita em 2012 na serra gaúcha

29/11/15

DREAM ROUTE

Evento aberto a participação de carros esportivos teve entre as cidades-sedes com paradas durante o roteiro, Curitiba-PR, Penha-SC e Florianópolis, ponto final no dia 29.

29/09/15

ENCONTRO DO VETERAN CAR CLUB ARRECADA ALIMENTOS PARA APAE                                                         A quarta edição do Encontro acontece dia 04 de outubro em Barra Velha, no km 92 da BR 101. Para participar, doa-se 1 kg de alimento. Para os antigomobilistas haverá troféus para o primeiro expositor que chegar ao evento, para a maior caravana, carro mais antigo, habilitação mais antiga dos expositores(ou seja, o motorista com carta há mais tempo) e para carro que vá rodando a maior distância até o local do evento.

20/08/15

FERRARI 900 VEZES NA FÓRMULA 1

História da Scuderia di Maranello na F1 inclui 223 vitórias, 207 poles e 81 dobradinhas!

O GP da Bélgica 2015 em Spa Francorchamps será o de número 900 para a equipe mais tradicional da F 1.
Comemoração da Ferrari pelo heptacampeonato de Michael Schumacher. Cinco títulos pela Scuderia

Ferrari conquistou 16 títulos de Construtores e 15 de Pilotos nas 66 temporadas já disputadas. Alguns campeões guiaram pela equipe italiana sem conquistar título pela marca do Cavalino rampante, casos de Prost e Mansell.

A dupla atual e já confirmada para 2016 tem cinco títulos de Pilotos, mas apenas o de Raikkonen foi conquistado pilotando uma "rossa", em 2007. Vettel obteve duas vitórias em sua temporada de estréia e até falou em fazer de tudo para lutar pelo título desse ano, o que não é impossível, mas é difícil, e dependeria de erros e falhas da equipe dominante na temporada e de sua também competente dupla de pilotos.

03/08/15

ALGUMAS FOTOS "TIRADAS DO BAÚ" DIGITAL PELO WEBMASTER Imagens feitas em 2009, antes do site ser criado

Antes da onda dos Food Trucks, a criatividade com a exclusividade de pick up dos anos 30(Gramado)    Trator adaptado para entrar na água para colocar e retirar barcos. Trabalha em marina (Floripa)

 

Essa rodagem permite ao trator andar nas alagadiças plantações de arroz (Timbé do Sul-SC)       Poltrona para quem curte carros. Interessante e original peça decorativa (loja São Paulo-SP)


23/07/15

IRMÃOS ZETTEL LIDERAM O PARANAENSE DE RALLY. NO BRASILEIRO ESTÃO NA VICE-LIDERANÇA 

A dupla de Curitiba começou bem o Rally de Piraquara, realizado nos dias 03 e 04 de julho valendo como 3ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally e 2ª etapa do Campeonato Paranaense de Rally, mas uma quebra no suporte do motor deixou os irmãos Leo e Fred com a terceira colocação na prova.

Com este resultado a dupla continua na liderança do paranaense e sobe para a segunda colocação no brasileiro Reprodução zettel.com.br

As duplas percorreram 207km de prova, sendo 120 de trechos cronometrados, com direito a lama, poeira, buracos, pedras, saltos e até prova noturna.

Logo depois da largada promocional, realizada na prefeitura de Piraquara, as duplas partiram para duas primeiras especiais noturnas. "Andar a noite é muito legal. O desafio é maior e a boa interação entre piloto e navegador fica mais evidente", conta o piloto Leo Zettel 

No dia seguinte foram realizadas mais seis especiais na área rural do município tornando a disputa bem mais acirrada. "Vínhamos os três primeiros em uma boa disputa. Vencemos a SS5, mas tivemos problemas mecânicos na SS6 e perdemos mais um minuto", lamenta Leo, que ao lado do irmão, Fred, ficou com a terceira colocação. "Considerando os problemas, o resultado foi ótimo!", completa o piloto. 

Para a temporada 2015 de rally os irmãos Leo Zettel e Fred Zettel contam com a estrutura da ProMacchina Motorsport, patrocínio da WZ Comm - Comunicação que mostra resultados, Balaroti - Sua casa em 1º lugar, GoBS - distribuidor Exclusivo OMP no Brasil e Dmack Motorsport Brasil - pneus de rally.

A próxima prova em que os Zettel participarão será no dia 15 de agosto, na terceira etapa do Campeonato Paranaense de Rally, quando os irmãos defenderão a liderança.

QUE MÁQUINA! COMO CHAMAR? JIPÃO, JILUXO, CARRÃO, MAQUINAÇO, CARRO DE SONHO. ENTÃO?
maserati_kubang_concept Design italiano,alto luxo e performance para o deleite de apaixonados e para o desfile de bem abastados Maserati Levante, primeiro SUV da marca do tridente, pertencente à FCA, o grupo Fiat/Chrysler

CURIOSIDADES

ESPECIAIS SOBRE RODAS! Na Serra Gaúcha Modelos de anos desconhecidos, com linhas 100% identificáveis, clicados em julho 2015

Garden Car(em inglês) ou Carro Jardim em bom português                                                                          Jipe feito à mão! Motor de Chevette e tração 4x4. Criatividade brasileira

PIQUET TRAZ PRIMEIRO TÍTULO DA FÓRMULA E PARA O BRASIL, COM PARTICIPAÇÃO DE SENNA. AS DINASTIAS CONTINUAM

Nelsinho Piquet chegou na sétima posição na corrida decisiva e que lhe deu o título da primeira temporada da F-E

Coincidências entre essas duas gerações de campeões do automobilismo internacional: Long Beach foi palco da primeira vitória do tri campeão mundial da F 1 Nelson Piquet na categoria, e na mesma pista norte-americana, 35 anos depois, Nelsinho obteve seu primeiro triunfo na novíssima Fórmula E, disputada exclusivamente por monopostos movidos a eletricidade. Em 1981, o primeiro título do pai foi ganho por apenas 1 ponto de vantagem, mesma diferença entre o filho agora campeão e o vice da temporada de estréia da F-E.

A corrida que decidiu o título teve desenrolar digno e típico de enredo cinematográfico. A chuva na tomada de tempos colocou o piloto campeão e que até então era o líder do campeonato na décima sexta posição no grid de largada! Desastroso início, principalmente pelo fato de que Sebastian Buemi largou da sexta posição. Buemi era o rival de Piquet e Lucas Di Grassi na briga pelo título.

Largada fantástica de Nelsinho, completando a primeira volta 4 posições melhor do que largara, e num circuito de reconhecida dificuldade para se ultrapassar. Mas o detalhe mais interessante é que o título foi garantido por Senna, o sobrinho do tri campeão da F 1 que resistiu aos incessantes ataques do oponente dos brasileiros. O lance da última volta com os carros se tocando devido ao total desespero de Buemi, que vale registrar, lutou o quanto pôde e até exagerou, e com Bruno Senna não cedendo à pressão é inesquecível e já entrou para a história do automobilismo mundial.

Senna terminou em quinto, com Buemi colado e esbravejando logo junto à linha de chegada, Di Grassi e Piquet a seguir. A penalização de um piloto, permitiu a esse quarteto a melhora de uma posição.

E, Nelsinho não tinha certeza da conquista ao cruzar a linha de chegada. Logo depois iniciou a comemoração, talvez contida pela emoção, visível, embora inimaginável a intensidade do sentimento.

Merecem elogios, o campeão pela frieza na situação em que iniciou a decisão e pela destreza demonstrada no controle do carro e na utilização da energia. Nelsinho terminou a prova com o maior percentual de carga nas baterias, apesar de ter ganho 8 posições! Bruno Senna pela garra e habilidade ao disputar com o vencedor de tres corridas nessa temporada inaugural da categoria elétrica. Buemi pelas vitórias e arrojo para tentar buscar o título até a bandeirada. E, Di Grassi pela maturidade e tranquilidade durante toda a corrida decisiva. Quatro performances dignas de verdadeiros campeões.

16/06/15

DE LOREAN VAI A LEILÃO DIA 26

Famoso devido à série de filmes "De Volta para o Futuro", o esportivo norte-americano De Lorean DMC-12 é considerado raridade e a empresa alemã de leilões Auctionata tem um com 22 mil km rodados e ótima conservação.

O leilão acontece em Berlim, na Alemanha, e o lance inicial de 34 mil euros (cerca de R$ 120 mil).  A estimativa é de que o valor de venda seja entre 70 mil e 100 mil euros (algo entre R$ 250 mil e R$ 350 mil em valores arredondados).

O DMC-12 ano/modelo 1982 foi presente de John DeLorean, o antigo dono da montadora, à sua então mulher, Cristina Ferrare, e foi vendido em 1985 depois do casal se separar. Interessante o sobrenome da ex-esposa!

O mais alto valor pago por um DMC-12 é referente a um protótipo de 1976, arrematado em 2007 por US$ 110 mil (aproximadamente R$ 344 mil pela cotação de junho 2015).

 Portas que se abrem para cima, estilo asas de gaivota e carroceria de aço inox, sem pintura        Motor V6 2.8 de 145 cv  

13/06/15

24 Horas de Le Mans

A Corrida de Resistência e Velocidade   (Foto: Divulgação)

Tecnologias alemãs, americana e italiana triunfaram na edição 2015

56 carros vão disputar a prova de 24 Horas em 2015. Em 2016 serão 58 e em 2017 poderão participar 60 bólidos.

Porsche Hibrído liderou as 4 primeiras horas, seguido por Audi e mais atrás Toyota na categoria principal, LP1. Chevrolet Corvette, Ferrrari 458 e Porsche 911 RSR acompanham os Aston Martin Vantage que no início iam levando vantagem. Oreca-Nissan, Nissan Nismo, Ligier e Rebellion são as concorrentes na LP2. A famosa e tradicional prova já teve tres brasileiros como vice-campeões: O pioneiro em 73, José Carlos Pace com Ferrari, Raul Boesel com Jaguar e Lucas di Grassi com Audi. Di Grassi integra a equipe Audi na edição 2015.

Dia 14 "Maratona" concluída

Porsche nas duas primeiras posições, seguida pela Audi nas duas seguintes. Do quinto ao oitavo lugar:Porsche, Toyota, Audi e Toyota.

Vitória do alemão Niko Hulkenberg que participa da atual temporada da F 1, com o australiano Mark Webber(ex F 1) em segundo.

O Audi do brasileiro Di Grassi terminou em quarto. Perdeu o pódio devido à batida quando era guiado por Duval na fase inicial da corrida.

O ator Patrick Dempsey subiu ao pódio pelo segundo lugar na categoria na qual compete.

Nas outras categorias as vitórias foram de Oreca, Corvette e Ferrari 458 Itália.

AGRALE PARTICIPA DO PROJETO CURITIBA ECOLÉTRICO                                                                  Em parceria com a Itaipu Binacional, empresa desenvolve miniônibus elétrico

Caxias do Sul (RS), 12 de junho de 2015 - A Agrale, líder nacional na produção de chassis para micro-ônibus, desenvolveu, em parceria com a Itaipu Binacional, um miniônibus elétrico que passará a integrar a frota do projeto-piloto Curitiba Ecolétrico. Desenvolvido a partir do chassi Agrale MA 8.7 e carroceria Mascarello, o miniônibus será utilizado pela Guarda Municipal e pela Secretaria de Turismo.

O chassi de ônibus Agrale MA 8.7 Elétrico possui sistema de propulsão Siemens com dois motores elétricos de 67 kW, caixa somadora (caixa de engrenagens que une a força dos dois motores em uma única saída para o eixo cardan), dois inversores de frequência para gerenciamento dos motores elétricos e cinco baterias 100% recicláveis e com alta densidade energética (capacidade total de 105 kWh). Isso garante autonomia de até 150 quilômetros, com tempo para carregamento de oito horas. 

Entre as inovações e diferenciais, o chassi Agrale MA 8.7 Elétrico conta com sistema de reaproveitamento de energia em frenagem (que transforma a energia cinética do veículo em energia elétrica para recarregar as baterias). Possui ainda motocompressor (compressor de ar movido por motor elétrico) para alimentar o sistema de freios pneumáticos, que é gerenciado eletronicamente de forma a preservar energia, e uma bomba hidráulica alimentada por motor elétrico para acionar o sistema de direção. Toda a integração do sistema elétrico (direção, freios e propulsão) é controlada por intermédio de uma EVCU (Eletronic Vehicle Control Unit).

Apesar de não ser incorporado à frota de transporte coletivo da capital, a utilização do miniônibus no projeto trará insumos importantes para o desenvolvimento tecnológico da plataforma, que tem como finalidade a interação entre os diferentes modais e o compartilhamento de veículos, entre outros benefícios. 

Curitiba Ecolétrico

Desenvolvido em parceria entre Itaipu Binacional e Prefeitura de Curitiba, o projeto Curitiba Ecolétrico teve início no dia 5 de junho de 2014, Dia Mundial do Meio Ambiente, e já conta com uma frota de 12 veículos elétricos e dez eletropostos, conectados a um centro de monitoramento e controle. Em um ano de funcionamento, o Ecolétrico poupou o céu da capital paranaense de receber quase seis toneladas de dióxido de carbono, um dos principais gases responsáveis pelo aquecimento global. 

O número equivale a 4.722 litros de gasolina, ou 29,5 barris de petróleo (considerando 160 litros de combustível para cada barril de petróleo). Neste período, a frota percorreu 47.226 quilômetros, o suficiente para dar, com sobra, uma volta inteira na Terra pela linha do Equador. 

Parceria entre Agrale e Itaipu no utilitário Marruá elétrico

A parceira da Agrale com a Itaipu Binacional começou há alguns anos. As duas empresas trabalharam no desenvolvimento do primeiro utilitário Marruá movido a eletricidade, apresentado na Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, em 2012. O veículo possui tração nas quatro rodas e é equipado com motor elétrico de 54 cv de potência e torque de 130 Nm (13,3 kgfm) e 100% ecológico, abastecidos por duas baterias de sódio recarregáveis, com autonomia de aproximadamente 100 quilômetros (tempo de recarga de 8 horas em tomadas de 220 V).

Informação recebida de Secco Consultoria de Comunicação

05/06/15

ESSE TEM A MÃO PRA GUIAR. ATÉ ESTANDO QUEBRADA!

Pietro Fittipaldi no pódio da etapa de Monza da Fórmula 3 europeia (Foto: Divulgação)

Pietro Fittipaldi, de macacão branco, no pódio da etapa de Monza da Fórmula 3 europeia   (Foto: Divulgação)

Em sua primeira temporada na Fórmula 3 europeia, o jovem Fittipaldi, neto do bicampeão mundial da Fórmula 1 vai mostrando as habilidades que já o levaram a conquistar títulos na categoria de acesso à NASCAR nos EUA e na F Renault.

Apesar da mão quebrada na corrida anterior no circuito de Pau, na França, Pietro subiu ao pódio no mítico autódromo de Monza, onde Emerson celebrou a conquista do título Mundial de Pilotos em 1972.

06/05/15
Agrale Marruá de corrida!

picaperacing

A Pick up da gaúcha Agrale competiu em 2007 nas pistas de asfalto dos autódromos brasileiros como os de Jacarepaguá, onde obteve vitória, Brasília-DF e Tarumã-RS. O motor usado foi um V6 Vortec 4.3, que equipou modelos utilitários fabricados pela General Motors do Brasil. A fabricante de Caxias do Sul lançou em 2015 modelo atualizado da sua tradicional 4x4 que usa motor a diesel.                                                                                                                                                                                                                                                                                                            Foto: SpeedRacing.com.br

30/03/15

FERRARI E VETTEL, O RENASCIMENTO por Luciano Dellarole

Emocionante ver uma "Rossa" cruzar a linha de chegada antes de todas as outras "macchine" após jejum na temporada 2014. Some-se a emoção pela vibração do tetra campeão Vettel, que nos faz lembrar de outro piloto alemão responsável por tanta emoção e agora em recuperação lenta como jamais foi o seu ritimo nas pistas. Impossível não lembrar de Schumacher nesse renascimento da Scuderia Ferrari. E, vem à mente, o significado do nome do atual chefe da equipe de F 1 da marca do "Cavalino Rampante": Arrivabene, em bom português: Chega bem!

Voando antes de subir ao degrau mais alto do pódio e voltando a fazer o seu gesto característico em cada vitória

 

Já são 40 vitórias do tetra campeão, apenas uma a menos que as obtidas por Ayrton Senna, tri campeão da F 1     

A TEMPORADA PROMETE

Se em 2014 o domínio das Flechas de Prata da alemã Mercedes teve apenas interferência do australiano Ricciardo ao volante da RBR, em 2015, além da volta da Ferrari à linha de frente, há a atração de pilotagens espetaculares proporcionadas por jovens pilotos recém-chegados à F 1 como o holandes Verstapen, o espanhol Sainz e o brasileiro Felipe Nasr que juntamente com o alemão Hulkenberg, o finlandês Bottas e o já vitorioso Ricciardo garantem shows a cada GP.

A categoria de pilotos experientes como Rosberg e Massa(ambos já chegaram a vice-campeão na F 1), e de campeôes como o atual Hamilton, Alonso, Button e Raikkonen justificam o mote de máximo do automobilismo usado para a F 1, apesar das crises enfrentadas por equipes tradicionais como acontece no momento com a Lotus, aconteceu no ano passado com a "Scuderia di Maranello", e por várias temporadas com a Williams, revigorada a partir de 2014.

O caso da McLaren não deve enganar ou impressionar: A capacidade de Ron Denis que foi o padrinho da carreira de Hamilton, e o mentor da equipe nas conquistas dos títulos de Ayrton Senna aliada à capacidade tecnológica dos japoneses da Honda e com os conhecimentos da sua dupla de pilotos que já acumula tres títulos(Alonso é bi campeão e Button campeão) deverá levar à reversão da condição lastimável de performance apresentada nas duas primeiras corridas.

Habilidade do tetra campeão somada à correta estratégia da "Scuderia", receita de sucesso contra a até então favorita Mercedes 

Alonso deve ter engolido com sabor bem amargo essa espetacular vitória de Vettel e a volta por cima da Ferrari, pela qual não teve o gostinho de ganhar um título, o que certamente o alemão poderá conseguir, e por mais de uma vez. Nâo se deve duvidar da Ferrari e tão pouco de pilotos alemães a bordo de uma "Rossa".

24/02/15

RENEGADE: O JEEP QUE CHEGA PARA POPULARIZAR A MARCA NO BRASIL

Trailhawk é a versão mais adequada ao uso off road por caminhos mais “pesados” Foto: Divulgação/Jeep Texto: Luciano Dellarole

O lançamento do primeiro produto da nova fábrica da FIAT CHRYSLER que iniciou produção dia 19 em Goiana-PE não se enquadra no conceito de veículo popular, que engloba modelos de passeio com motor 1.0 e preço abaixo de R$ 40 mil. O Renegade é um SUV, sigla de Sport Utility Vehicle, ou em bom português Veículo Utilitário Esportivo. Por isso os motores são 1.8 e 2.0, esse a diesel e com turbocompressor. Além de diversos requintes impensáveis nos “populares”, o sistema de tração 4x4 é tradicional da marca norte-americana e útil em pisos escorregadios ou irregulares. Preços? Até o final de março os brasileiros serão informados. Há expectativa de que a versão de entrada custe na faixa dos R$ 70 mil e a versão topo da linha possa chegar aos R$ 110 mil.

TRAÇÃO: 4x4  tem a opção de marcha reduzida (20:1), bloqueio de diferencial traseiro e sistema Select Terrain, que se adapta a cinco diferentes tipos de terreno: automático, neve, areia, lama e pedras. A 4x2 é aplicada às rodas do eixo dianteiro.

MOTORIZAÇÃO: Duas opções de motores: 1.8 eTorQ Flex, de 132 cavalos, com algumas alterações em relação ao que equipa o Bravo,  2.0 turbodiesel de 170 cavalos e 35,7 kgfm de torque, em conjunto com o câmbio automático de nove marchas, o mesmo do Cherokee.

VERSÕES

Sport que poderá ser equipada com qualquer dos motores, e cuja transmissão variará entre manual de cinco e automática de seis velocidades com o 1.8 Flex, sendo sempre a automática de nove, quando equipado com motor 2.0 turbodiesel. Tração 4x2 ou 4x4

Longitude O conjunto power train poderá ser 1.8 Flex e transmissão automática de seis velocidades ou 2.0 turbodiesel e caixa de marchas de nove velocidades. Tração 4x2 ou 4x4

Trailhawk exclusivamente 2.0 turbodiesel  com caixa de câmbio automática de nove marchas e tração 4x4.

17/02/15

FERRARI EXERCITA IMAGINAÇÃO NO DESIGN E MOSTRA COMO PODERIA SER BONITO O SEU CARRO DE FÓRMULA 1    Imagens Divulgação

·        A mais tradiconal equipe da F 1 demonstrou de forma criativa e inteligente seu total descontentamento com o atual regulamemto técnico da categoria. E o resultado é pura beleza.

12/02/15

Fepasc e Sest Senat do Paraná participam de projeto Cinto nas Estradas

Ação, promovida pela Polícia Rodoviária Federal, acontece de quinta a sábado, na Estação Rodoferroviária de Curitiba, e visa a conscientizar passageiros de ônibus sobre a necessidade do uso do cinto de segurança

A Federação de Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Paraná e Santa Catarina, o Serviço Social do Transporte - Sest e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte - Senat participam, a partir desta quinta-feira (12), do projeto Cinto nas Estradas, iniciativa promovida pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), com o objetivo de conscientizar os passageiros dos ônibus das linhas intermunicipais e interestaduais sobre a necessidade e a importância do uso do cinto de segurança. A ação educativa será realizada também na sexta-feira (13) e no sábado (14), das 9 às 22 horas, na Estação Rodoferroviária de Curitiba. Equipes da unidade do Sest Senat de Curitiba estarão no local distribuindo aos passageiros folderes informativos, das 15 às 22 horas (quinta e sexta).

A iniciativa se justifica, segundo Felipe Gulin, presidente da Fepasc e do Conselho Regional do Sest Senat/PR, porque o uso do cinto de segurança pode reduzir em até 75% o número de mortos e feridos em um acidente de ônibus, conforme revelou a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia.

Outro dado relevante é que apenas 2% dos passageiros de ônibus utilizam o dispositivo durante as viagens por rodovias, apesar dos avisos emitidos pelos motoristas sobre a obrigatoriedade do uso do cinto. Essa orientação é determinada por uma resolução da Agência Nacional de Transportes Terrestres - ANTT, desde 2005. Em caso de acidente, o cinto, quando utilizado, evita que o passageiro seja arremessado contra partes internas do ônibus, contra outros passageiros ou mesmo para fora do veículo.

Ação

Policiais rodoviários federais, 15 minutos antes do horário de partida de cada ônibus, darão palestras rápidas aos passageiros, de até 5 minutos, sobre a necessidade do uso do equipamento. A ação acontecerá das 9 às 15 horas. Na sequência, os passageiros receberão material informativo impresso sobre o assunto.

A campanha também será veiculada dentro do terminal rodoviário por meio dos monitores de TV. Policiais rodoviários federais realizarão ainda abordagens específicas a ônibus, nas estradas, para fiscalizar o uso do cinto de segurança.

O projeto Cinto nas Estradas conta com o apoio da Urbs, Sindicato dos Policiais Rodoviários Federais do Estado do Paraná, ANTT, Departamento Estadual de Estradas e Rodagem - DER e Secretaria Municipal de Trânsito - Setran.

Informação recebida de NCA Comunicação

N.E. Ótima iniciativa. Os cintos deveriam ser o de tres pontos como nos automóveis, dando maior proteção à cabeça e mesmo evitando lesões à coluna. Basta tornar Lei, fiscalizar e assim fazer cumprir. Aliás não só no estado do PR ou nos do Sul, a iniciativa deve ser estendida por todo o Brasil. Essa deve ser apenas a primeira ação da PRF, não única. No Carnaval 2014 a operação acontecerá também nas rodoviárias de Foz do Iguaçu, Guarapuava, Londrina, Maringá, Pato Branco, Ponta Grossa e Santo Antonio da Platina.

Outro ponto no que se refere à segurança de passageiros de ônibus é que barras estruturais de reforço, em forma de arco, do piso ao teto, como o "Santantonio" nos carros de competição evitaria muitas mortes. Deve ser obrigatório, pois nenhuma empresa vai investir no bem-estar do usuário abrindo mão de parte de seu lucro. Alguém tem dúvidas?

05/02/15

KART DE AYRTON SENNA LEILOADO EM PARIS

O kart que Ayrton Senna, piloto brasileiro tricampeão mundial de Fórmula 1, usou em sua última corrida profissional na modalidade, foi arrematado em leilão na França por valor equivalente a R$ 181.200. A marca do kart fabricado em 1981 é DAP e Senna usou o número 9, na prova disputada em Parma (Itália) e que marcou o final de sua era no kartismo. A caminhada no automobilismo teve início pela Fórmula Ford 1.600.

29/01/15

MÁQUINAS POLICIAIS QUE "VOAM BAIXO"

 

Yamaha, capaz de 320 km/h(?) Harley chega aos 210 km/h. Ambas velocidades informadas pelos motociclistas policiais rodoviários federais que as utilizam. Fotos feitas em  Florianópolis-SC

05/12/14

SUPER FIAT DE 1911 VOLTA A RUGIR                        

Fiat S76 O motor de 28,5 litros(isso mesmo, 28.500 cc) ou quase a capacidade cúbica de 30 motores 1.0 do Fiat S 76 foi colocado para funcionar mais de 100 anos depois de ter sido fabricado. Na epoca o Fiat super-motorizado,com seus cerca de 300 cv registrou  recorde de velocidade.de 217 km/h,  marca obtida no deserto de sal em Saltburn Sands, na Inglaterra. Rodas de madeira e transmissão por corrente.                                                                                                                          Foto: Reprodução

FERRARI DE 11 MILHÕES ?                           Dino 246GTs motor 2.4 de 199 cv vai a leilão

31/10/14

ATENÇÃO A ESSAS MARCAS EM 2015

A chinesa Geely já vende(tímidamente) carros no Brasil. Pretende encerrar 2014 com 25 revendas e declara intenção de instalar fábrica. É a proprietária da sueca Volvo, tão bem conceituada internacionalmente. A tradicional norte-americana Jeep (sob comando da Fiat, assim como as marcas Chrysler e Dodge) projeta triplicar a Rede de lojas da marca até o final de 2015. A japonesa Mitsubishi pode buscar alguns décimos percentuais de participação no mercado com a política de produção nacional de quase todos seus modelos. Com essas informações já se pode começar a repensar conceitos e opniões. Afinal, o "andar da carruagem" no mercado tanto nacional como internacional mostra que as mudanças são constantes na ordem de participação das marcas. E, associações, cooperações, fusões e negociações se multiplicam rápidamente. Há 10 anos quem iria apostar que a italianíssima Lamborghini, dos esportivos das portas asas de gaivota - batizadas "Lambo Doors" pelo público teria administração germânica? O grupo VW assumiu a marca. Ninguém poderia imaginar a italiana Fiat incorporando tres das mais importantes marcas americanas.                                                                                 Luciano Dellarole

30/10/14

O QUE TEM NO SALÃO DO AUTOMÓVEL DE SÃO PAULO?

Elétricos / Híbridos

Os brasileiros que possam e se disponham a pagar mais de R$ 120 mil podem optar, já há algum tempo, entre o Prius e o Fusion.

No Salão modelos como Golf GTE, Kia Soul e Optima Hybrid provam ser essas tecnologias a realidade daqui em diante. O conceito FCEV no estande da Honda é apenas lembrança de que em 2002 já se pesquisava e aplicava a tecnologia da propulsão elétrica. Na Toyota o FCV Concept é a forma japonesa atual de expressar o carro movido a energia elétrica. A Mitsubshi tem outro olhar, com o Outlander PHEV.

Utilitários ou "Desfilatários"

A nova safra de SUVs de pequeno porte, puxada pelo Fiat Renegade(1.8 do Bravo), incluiu as apresentações de Nissan Kicks, Honda HRV(1.8 do Civic), e Suzuki S Cross(1.6 com 142 cv).

Picapes de médio porte, entre as pequenas Strada e Saveiro e as grandes Amarok, Frontier, Hilux, Ranger e S 10 foram mostradas por Renault e Fiat. A da montadora de origem francesa batizada Oroch parece já pronta para o mercado. A da italiana líder em vendas, não escondeu estar disfarçada de Conceito. Daí a sigla FCC Fiat Concept Coupé.

Desempenho, acima de tudo

Nissan GTR com potência entre 550 e 608 cv, Fiat 500 Abarth capaz de acelerar de 0 a 100 km em menos de 7 segundos com seus 167 cv, Veloster, agora com o reclamado motor turbo, que a importadora da marca coreana negara aos brasileiros, e Renault Megane RS com 265 cv. A Fiat mostrou a Ferrari 458, sempre motivo de muitas fotos e sonhos. Maserati Quatroporte também faz parte do acervo do estande da montadora. O Jaguar XE, que especula-se poderá ser montado no Brasil a partir de 2016, e o Porsche Porsche 918 Spyder - híbrido com motor central 4.6 V8 e dois motores elétricos, somando potência próxima dos 900 cv também não passam despercebidos dos apaixonados por carros de alta performance. Para completar a alegria, Audi TT Roadster, Camaro Z 28, Corvette StingRay, Honda NSX(que deve ser vendido no Brasil), Mercedes Benz AMG-GT, Mitsubishi Lancer Evo X, Mustang Conversível e o Toyota FT-1 modelo conceitual.

Novidade dentro da realidade, ou melhor, da necessidade

A versão Variant da sétima geração do Golf é das poucas novidades aplicáveis/utilizáveis a curto prazo. O mercado carece de wagons(apenas Palio Weekend e Space Fox). Resta saber se absorverá unidades suficientes para a continuidade. O Brasil teve VW Quantum, Chevrolet Suprema, Renault Megane Gran Tour e Toyota Fielder nos últimos 20 anos, além das pequenas Chevrolet Ipanema, VW Parati e Peugeot 206/207. O provável preço acima de algumas versões dos bem aceitos EcoSport e Duster podem ser o entrave.                                                                                                                 Luciano Dellarole
 

30/09/14

Carro movido a água salgada já pode circular na Europa  

O carro movido a água do mar foi homologado para trafegar pelas estradas da Europa. É o esportivo Quant e-Sportlimousine, protótipo desenvolvido pela empresa nanoFlowCell,. Homologação aconteceu em Munique-Alemanha. 

O modelo, apresentado no Salão de Genebra, na Suíça, em março de 2014, usa bateria química que utiliza água do mar para gerar energia elétrica.  

NÚMEROS IMPRESSIONAM

Aceleração de zero a 100 km/h em 2,8 segundos e velocidade máxima de 378 km/h colocam o Quant e-Sportlimousine entre os melhores superesportivos. A autonomia, segundo o fabricante, é de 600 km.

Foto: nanoFlowCell/Divulgação

Com 5,25 metros de comprimento, 2,2 m de largura e 1,35 m de altura, e peso de 2.300 kg  o Quant chama atenção também pela abertura das portas no estilo "asa de gaivota". É puro design. Preço e data de lançamento não confirmadas. O valor deverá ser na faixa de R$ 1 milhão, como acontece com superesportivos de marcas tradicionais.

19/09/14

FIAT, SEMPRE À FRENTE EM INOVAÇÕES, AGORA COM O "DESLIGA-RELIGA" NO UNO

A especulação publicada em 25/03 sobre como poderia ficar o design do Uno na linha 2015 não vingou. A Fiat deu atenção especial ao interior do modelo que ficou melhor visualmente, ao conforto com a opção da transmissão Dualogic Plus e à ecologia e meio-ambiente com o inédito sistema automático em carros fabricados no Brasil, de desligar/ligar o motor em paradas demoradas. Mais uma vez a montadora italiana saiu na frente, com mais uma inovação tecnológica que na minha opinião deve se tornar ítem obrigatório para todos os veículos a gasolina ou bi combustível fabricados no País. A quem pode não interessar a evidente redução no consumo e a consequente menor emissão de poluentes, contribuindo para sensível melhora na qualidade do ar que se respira nos grandes centros urbanos com suas vias congestiionadas? Apenas às companhias de petróleo e às usinas produtoras de álcool.                                                                                                                                                                                                        Luciano Dellarole

18/09/14

JAGUAR CLÁSSICO É RECUPERADO QUASE MEIO SÉCULO APÓS ROUBO

Jaguar conversível 1967 que foi roubado há 46 anos, recuperado e devolvido em setembro 2014 ao seu dono, o advogado Ivan Schneider, agora com 82 anos.

O Jaguar XKE tinha sido embarcado no mês anterior para a Holanda e as autoridades conseguiram deter o desembarque e trazê-lo de volta a Los Angeles. O dono admite que não irá dirigir o veículo clássico a grande velocidade, mas garante que investirá mais de US$ 60 mil para restaurá-lo e levá-lo para sua casa na Flórida. Imagem feita por Agentes do Escritório de Alfândegas e Proteção Fronteiriça de Los Angeles, na Califórnia - EUA.

17/08/14

CHARGER HELLCAT, O DOGGE COMO NO BRASIL NUNCA TEVE

717 cv de potência, com aceleração de 0 a 100 km/h em 3,7 segundos e velocidade máxima de 328 km. Aerodinâmica e tecnologias de última geração em todos os sistemas garantem performance excepcional. Suspensão com três ajustes por comando elétrico, freio da marca Brembo com seis pistões nas rodas dianteiras e quatro nas traseiras, transmissão automática de 8 marchas com trocas por toques nas alavancas junto ao volante. As rodas têm aro de 20 polegadas e os pneus a medida 275/40 digna de máquinas com potência elevada, e que são co-responsáveis tanto pela transferência da força de aceleração como pelo desempenho nas freadas e pela estabilidade direcional em altas velocidades e aderência em curvas contornadas esportivamente.

Vai encarar o V 8?                                                                                                                               Esse é o ângulo pelo qual motoristas de muitos carrões possantes vão ver o Charger Hellcat

Parte do estupendo rendimento vem do sistema Supercharged de sobrealimentação do motor

22/07/14

Camboriú (SC) sediará nos dias 13 e 14 de setembro, no Complexo Figueira Grande, a partir das 8h, o 4º Encontro de Veículos Antigos e Especiais, realização do Anjo da Guarda Fest.



A exposição reunirá clássicos modelos de carros, caminhões, ônibus, motos e bicicletas. Os apreciadores poderão conhecer de pertinho máquinas que fizeram sucesso no passado e até hoje fazem bater mais forte os corações dos apaixonados pela velocidade e design arrojado. Os colecionadores terão a chance de encontrar equipamentos para os veículos na Feira de Peças Antigas.

A entrada custa R$ 5,00 para o público visitante e para cada carro exposto será cobrada taxa de R$ 20,00, dando aos expositores direito a um diploma de participação, e a concorrer a prêmios.

No mesmo final de semana Passeio Off Road Eco Turístico beneficente organizado pelo OFF ROAD ADVENTURE TEAM está programado tendo Florianópolis como ponto inicial do roteiro. Confira

na página Passeios do SULACONTECE.com http://www.sulacontece.com/passeios.htm

DICAS DE DIREÇÃO, PRA QUEM GOSTA DA VIDA

Nunca iniciar uma Ultrapassagem sem ter absoluta certeza de estar vendo cada metro do caminho até o ponto onde poderá retornar à sua faixa. Num ponto não visto pode haver um veículo em sentido contrário e em alta velocidade. 

Com chuva ande em velocidade menor à que andaria com piso seco. O espaço de frenagem aumenta. A visibilidade diminui.

Acenda os faróis baixos (e não apenas as lanternas).

Nunca dirija no acostamento. Uma ocorrência nessa situação não será acidente, mas sim crime.

À noite use sempre os faróis baixos (e não apenas as lanternas). Com neblina , ídem. 

À noite use o sistema anti-ofuscante do espelho interno. 

Óculos Escuros são uma proteção à vista contra a luminosidade do Sol. Use e não fique com os olhos semi-cerrados. Um raio de Sol por uma fração de segundo pode impedir a visualização de um buraco , ou pior de um pedestre.

Ao passar por carros altos parados, reduza bastante e buzine , pois pode sair uma pessoa "escondida".

Evite trafegar atrás de veículos altos (furgões, jipes, vans, caminhões e ônibus) pois o seu campo de visão fica restrito. 

Sinalize sempre com as setas ao mudar de faixa de direção, na cidade ou na estrada.

Pedestres ou ciclistas devem ser alertados com um firme toque de buzina.

Há locais em que é proibido buzinar: Use o lampejo dos faróis para chamar a atenção.

Não estacionar no lado errado da rua. Ao sair , a chance de tomar uma porrada é enorme pois não se tem visão.

Antes de sair após parada em sinal , tenha certeza de que o mesmo já abriu para o seu lado e de que os carros da outra via já estão parados. Não vá saindo baseando-se num outro carro, que pode estar "furando" o vermelho.

Nunca aproveite o amarelo nos semáforos pois outro motorista na transversal pode ter a mesma maldita idéia.

Evite ficar ao lado de caminhões e ônibus próximo a esquinas, pois eles fecham a curva duma vez ao virar e espremem qualquer carrinho que estiver naquele espaço. E não adianta buzinar, pois em geral eles não ouvem.

A regulagem dos espelhos deve ser checada antes de sair dirigindo. 

O pisca-alerta só deve ser acionado com o carro parado. 

Quando estacionado, antes de sair ligar a seta para chamar a atenção dos motoristas que estão trafegando. 

Não dirija após beber álcool. Não beba álcool se vai ter que dirigir. 

Prefira deixar espaço para a passagem de motos à sua direita. Se alguma bater no seu carro o risco estará mais longe de você. 

Ao levar passageiros peça (exija) que coloquem o cinto de segurança. 

A sinalização existe para orientá-lo e preveni-lo. Esteja atento e respeite a sinalização. 

MANUTENÇÂO 

Verificar as lâmpadas de freio, lanternas dianteiras/traseiras e setas direcionais toda semana e antes de cada viagem.

Manter o nível da água do reservatório do limpador de pára-brisa. Funcionar o limpador uma vez por semana(ao lavar o carro)

Não colocar o som em volume alto demais. Cansa, distrai e impede ouvir buzinas ou barulhos estranhos no próprio carro.

Barulhos devem ser checados antes que se agravem, provocando quebras ou até acidentes.

Calibrar os pneus a cada dez dias no máximo e não subir em guias, exceto por emergência. Pneus em mau estado de conservação representam risco eminente.

O nível do fluído de freio baixo pode indicar vazamento no sistema ou desgaste das pastilhas, que devem ser verificadas.

QUANDO O PÁRA-CHOQUES DIANTEIRO É A TESTA E O PEITO, E O TRASEIRO, A NUCA E A COLUNA VERTEBRAL
23.540 mortes de motociclistas em 1 ano acontecem no Brasil. É 1 morte a cada 20 minutos. 340 mil ficam com sequelas. A cada minuto e meio um brasileiro sofre sequelas em decorrência de acidente com moto.

 

09/05/14 Dragster com motores elétricos e 2039 cv bate recorde

Criado por Don "Big Daddy" Garlits, piloto de 82 anos, o Dragster atingiu 296 km/h

dragster Parece muito veloz? É. Mas o objetivo do piloto é atingir 322 km/h.

Além de veloz, o Dragster elétrico é muito rápido, acelerando da imobilidade aos 400 m em 7,25 segundos.

Seis motores elétricos e quatro baterias de lítio-polímero geram 1.500 kw (cerca de 2.039 cv). O nome do "brinquedo" é Swamp Rat 37.
 

03/05/14 NOVO SUPER ESPORTIVO

Olá, sou o Iceni, da inglesa Trident. Foi com a minha "cara"? Chego aos 306 km/h. De 0 a 100 vou em menos de 4 segundos. Serve?

03/04/14

RECALL GERAL  CARRO FRANCÊS É FOGO!

PSA convoca todas as unidades das famílias 307 e C4 por risco de incêndio

A PSA Peugeot Citroën anunciou em 3 de abril o recall de 130.930 unidades de toda a linha 307 (hatch, sedã, perua e conversível), por parte da Peugeot, e dos modelos C4 VTR, C4 e C4 Pallas (por parte da Citroën), de todas as versões, para corrigir um problema na manta de isolamento acústico do compartimento do motor.

Segundo a montadora, "a inadequada remoção da manta de isolamento acústico, localizada no vão motor, em revisões ou manutenções, poderá danificar seu sistema de fixação, possibilitando o desprendimento do componente. Isso pode causar um contato entre a manta e o coletor de escapamento, e essa situação pode ocasionar incêndio".

A solução, de acordo com a fabricante, é a aplicação de um reforço na fixação da manta -- ou, se necessário, a troca por um novo sistema de isolamento.

Os pouco mais de 130 mil carros estão envolvidos somente no chamado da sede brasileira da PSA Peugeot Citroën. As famílias 307 e C4, produzidas na fábrica da empresa de El Palomar, na Argentina,  abastecia outros países, inclusive  o mercado interno argentino, e por isso, .o chamado ainda poderá se estender.

C4 Pallas, descontinuado em 2013, envolvido no recall

Pela Peugeot, os 307 hatch envolvidos foram fabricados de 07/11/2002 a 28/09/2011 (chassis de 3Y009801 a CG045957); os 307 Sedan foram feitos de 07/03/2006 a 21/04/2010 (chassis entre 7G001001 e BG004553); as peruas 307 SW nasceram entre 05/07/2002 e 14/05/2008 (de 2Y013087 a 8S012032); e os 307 cupê-cabriolet foram fabricados entre 05/04/2004 e 30/04/2008 (4S028734 a 8S012117).

Já na Citroën, os C4 VTR envolvidos foram fabricados entre 27/07/2004 e 21/07/2008 (chassis de 5Y503006 a 9Y501344); os C4 hatch foram feitos entre 20/04/2005 e 26/09/2012 (chassis entre 5Y503015 e DG525906); e os Pallas foram produzidos entre 28/12/2006 e 26/09/2012 (7G502811 a DG525826).

O tempo de serviço, gratuito, é de uma hora e a empresa tem os fones 0800 703 24 24 (Peugeot) e 0800 011 8088 (Citroën) e os sites www.peugeot.com.brwww.citroen.com.br para informações.

 
Família Peugeot 307, importada da Argentina, está inteiramente envolvida no recall

 

02/04/14

CARROS DA GM, PERIGOSOS ATÉ PASSAREM POR RECALL

Junho 2009 A GM recorre ao capítulo 11, o equivalente á concordata. Foi criada nova empresa com 60,8 % de participação do governo dos EUA.

Essa crise financeira se reflete nos defeitos apresentados em diversos modelos, inclusive vários com a produção já descontinuada dentro da política de reestruturação.

A atual presidente da GM, Mary Barra, que assumiu em dezembro de 2013 admitiu os problemas de segurança nos carros da marca, que causaram mortes.

Em 28 de março a empresa confirma recall em 824 mil veículos devido a problemas no sistema de ignição.

Em 30 de março foi anunciado recall de 1,5 milhão de carros na China por problemas que comprometem a segurança dos usuários.

Em 31 de março a convocação a nível mundial de 1,3 milhão de unidades com problemas no sistema de direção.

A soma de 3,624 milhão de veículos envolvidos equivale a toda a produção do Brasil em 2013!

O Brasil é o terceiro maior mercado para a GM, atrás de China e EUA. Segundo a montadora os modelos vendidos no Brasil não têm esses problemas.

Luciano Dellarole
 

25/03/14

Mercado
A BRIGA PELA LIDERANÇA EM 2014 por Luciano Dellarole

A Fiat comemora 12 anos seguidos como montadora líder de vendas no Brasil.

A pick-up Strada é um fenômeno, atingindo em fevereiro desse ano a segunda colocação no ranking, abaixo apenas do até aqui "eterno líder", o Gol da VW.

Esse ano a marca alemã tem duas boas novas armas para tentar retomar a liderança que historicamente manteve até ser superada pela italiana. E, em dois segmentos: Golf nos médios de luxo, com a tecnologia turbo e UP! na faixa de entrada, com o motor 3 cilindros(algo que a Fiat não dispõe no momento). O turbo sim, nas versões esportivas T Jet do Bravo e do Punto.

Pelo lado do time italiano, o craque Mille sai de campo. Um possível "lance" da azurra das montadoras é oferecer a opção há muito especulada da tração 4x4 no Uno, considerando a existência atual dessa configuração no Fiat Panda, na Europa.

 

Fiat Panda 4x4 (Foto: Divulgação)Fiat Panda 4x4

Design da dianteira o difere do Uno                                                                      (Foto: Divulgação)
 

E a GM? Peca a montadora americana no design, geralmente menos atraente. Tem uma variedade de modelos que a coloca na posição de forte concorrente, como de fato se comprova ao longo dos últimos anos, em que disputa os décimos percentuais de participação nas vendas com a VW. Bons tempos para a norte-americana em que o Monza foi o carro mais vendido durante 3 anos seguidos, algo nunca repetido por qualquer modelo que não se enquadrasse na proposta " popular".

Especulação antiga, chegando a ser boato nos anos 90 e início dos anos 2000, a saída da Ford do Brasil, é passado lacrado pela oferta de produtos alinhados com os demais mercados, incluindo seu hatch médio, o Focus, modelo mais vendido no mundo. A quarta colocação vem sendo mantida, apesar de todas as novas marcas e da instalação de fábricas da Renault/Nissan, Citroen/Peugeot, Hyundai e as antes temidas Honda e Toyota, acompanhadas da também japonesa Mitsubishi.

21/03/14

ANIVERSÁRIO DE SENNA GANHA BOA LEMBRANÇA

Homenagem do Google ao piloto brasileiro tri campeão da F 1 pela data de seu nascimento, em 1960.

Ayrton Senna nasceu há 54 anos, em São Paulo-SP. Vítima de acidente em 01 de maio de 94 no GP de San Marino, menor República no mundo, Senna morreu aos 34 anos. O
SULACONTECE.com prepara homenagem pelos 20 anos sem Ayrton.

2014

FEVEREIRO

"MOTORZINHO" COM MODERNA TECNOLOGIA DÁ O TOM 2014

A chinesa Cherry promete inaugurar fábrica no Brasil ainda esse ano e o seu modelo de entrada, o "QQ" totalmente reestilizado trará sob o capo a arma dos verdadeiros populares daqui pra frente: motor com 3 cilindros, como era o do DKW, só que no convencional sistema de lubrificação de quatro tempos e não de dois tempos como nos "fumacentos".

Preço provável do QQ no Brasil:R$ 24 mil, com todos os equipamentos

A VW deposita esperança no Up recém lançado e com motorzinho 3 cilindros. A Ford está colocando o Ka geração 3(coincidência!) com o seu propulsor 3 cilindros aspirado. Na Europa, faz tempo comercializa o Focus com 3 cilindros e turbo compressor.

As vantagens? Para as montadoras, menor custo, uma vez que cada motor leva um pistão, uma biela e um jogo de anéis menos que os 4 cilindros. Para o consumidor/usuário a inegável economia de combustível. Mas não se pode pretender milagres, e para se obter as médias de consumo possíveis com a tecnologia haverá de se dirigir de forma calma e suave, ou em bom português, civilizada. De nada adianta ter um cilindro a menos e manter o pé direito pesado, esticando marchas e fazendo o motorzinho trabalhar no limite de rotações a maior parte do tempo. 

 

PREVISTO PARA 2015 O CARRO PARA DUAS PESSOAS

JANEIRO

SONHO DE TODO ALFISTA: LEILÃO SÓ DE ALFA ROMEO

Asta Solo Alfa Design, um dos pontos fortes das máquinas da Casa milanesa
Asta Solo Alfa Modelos de competição. Afinal o primeiro Mundial de F 1 foi ganho por um Alfa Romeo

Acontece dia 8 de fevereiro, em Paris o leilão "Solo Alfa" que oferta 43 lotes dos mais diversos modelos da tradicional marca italiana. Os valores variam entre 3 mil Euros (Arna, modelo de 1986 em parceria com a Nissan) e 1 milhão de Euros(TZ1 de competição ano 1965). Entre os modelos que vieram ao Brasil, importados pela Fiat,  o155 na versão Q4 ano1992 avaliado em 10 mil Euros e o 164 Super 3.0 V6 na versão 4WD ano1996, por 12 mil euros.         Notícia resumida a partir da publicada em www.jornalfanfulla.com em 24/01/14

 

RALI DAKAR É "AQUI DO LADO", ENTRE ARGENTINA, BOLÍVIA E CHILE

O americano Robby Gordon, acelerando o Hummer,  na 4ª etapa, , entre San Juan e Chilecito (Argentina)

 

Pilotando a Toyota, o sul-africano Giniel de Villiers

 

  Mini, conduzido pelo argentino Orlando Terranova

A 36ª edição do rali começou domingo, dia 05 na Argentina (Rosário).  Termina dia 18, no Chile (Valparaíso). São 431 máquinas: 174 motos, 147 carros, 70 caminhões e 40 quadriciclos.

Campeão em 2010 e 2013 nos quadriciclos, o argentino Marco Patronelli abandonou a competição na terça, dia 07 após sofrer acidente no trecho de 4.300 metros de altitude.

O francês Stéphane Peterhansel, que detém o recorde de 11 títulos do Rali Dacar, agora tem outra marca rara: seu Mini teve pneus furados seis vezes no mesmo dia, terça-feira, na terceira etapa, dia 7.

O Brasil foi representado nos carros por Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, dupla que terminou a primeira etapa na 14ª colocação, e por Reinaldo Varela e Gustavo Gugelmin. Jean Azevedo e Dário Júlio após a terceira etapa, dia 7  eram 16º e  17º colocados entre as motos. Na quarta etapa, quarta-feira, problemas na moto forçaram Jean a abandonar. Na quinta etapa Dário se acidentou, fraturando a clavícula e o punho. Só nos carros o Brasil continua na disputa.

Na quinta-feira durante a quinta etapa o piloto belga Eric Palante, de 50 anos, foi encontrado morto no trecho Chilecito-Tucumán, norte da Argentina. Palante já havia participado 10 vezes do Rali Dacar.

Depois de seis etapas, 222 competidores permanecem com seus veículos na competição, enquanto 209 já abandonaram. Os brasileiros Guilherme Spinelli e Youssef Haddad tinham a 13ª posição.

Classificação geral dos carros após a 6ª etapa (podendo haver alteração) mostra o predomínio dos Mini:

1 - Nani Roma / Michel Périn (Mini All4 Racing): 22:11:28
2 - Orlando Terranova / Paulo Fiuza (Mini All4 Racing): + 00:30:30
3 - Stéphane Peterhansel / Jean-Paul Cottret (Mini All4 Racing): + 00:33:23
4 - Giniel De Villiers / Dirk Von Zitzewitz (Toyota): + 00:40:54

Giniel De Villiers / Dirk Von Zitzewitz - Toyota Hylux Pick-up de sul-africano é "a pedra no caminho" dos Mini

5 - Nasser Al-Attiyah / Lucas Cruz (Mini All4 Racing): + 01:22:35                  

Carlos Sainz / Timo Gottschalk - Bubby SMG V8

Carlos Sainz / Timo Gottschalk  com Bubby SMG V8, outra ameaça à hegemonia Mini. Quinto na sexta etapa, muito perto da Toyota. Teve que abandonar.

 Excelente prova do argentino Orlando Terranova, vice-líder, quase 3 minutos à frente do campeoníssimo Peterhansel, que se recupera após os pneus furados.

O português Hélder Rodrigues, oitavo nas motos depois da oitava etapa, dia 13. Quinto ao final.

Nos carros, Peterhansel subiu para a segunda posição e a Toyota para a terceira, confirmando ser a adversária dos Mini, apesar de  Peterhansel ter aberto vantagem de mais 18 minutos nas duas últimas etapas disputadas.

O Brasil ficou fora da disputa com o abandono de Guilherme Spinelli e Youssef Haddad na décima etapa.

Até a etapa anterior a dupla estava na 11ª posição. O motivo foi uma lesão sofrida pelo navegador quando o carro deu um solavanco, que se refletiu num  tranco no pescoço. Haddad além da dor percebeu dormência no braço, o que levou à decisão da dupla de adiar a conquista de uma classificação entre os 10 primeiros.

QUEM PODE PENSAR QUE O CARRO É IGUAL AO VENDIDO AO PÚBLICO?

O campeoníssimo Peterhansel chegou à liderança após 12 etapas. Mas não fôsse a penalização de 1 hora sofrida, Al- Attiyah/Cruz seriam os líderes, com quase seis minutos à frente. A vantagem é de 26 segundos apenas após 12 dias de prova! A dupla vice-líder é Nani Roma / Michel Périn. Sábado dia 18 acontece a última etapa e a decisão sobre quem obterá essa vitória.

Para surpresa de quem não conhece bastidores do automobilismo ou dos esportes em geral, a equipe Mini definiu que Nani Roma / Michel Périn vencessem. Roma já ganhara em 2004 nas motos. A Mini parte do raciocínio de que a vitória com Peterhansel seria apenas mais uma do piloto. Da forma como foi,  a marca do carro não fica ofuscada.

E a Toyota do sul africano ganhou a última etapa, mostrando plena capacidade mecânica e excelente técnica e forma física da dupla Giniel De Villiers / Dirk Von Zitzewitz.

MOTOS: Marc Coma conseguiu o tetracampeonato para a Espanha. Ganhou também em 2006, 2009 e 2011. Tem uns caras que têm aquele algo a mais. Foi secundado pelo companheiro de equipe KTM, Jordi Viladoms. Desde 2001 a KTM domina o Dakar.

NOS CAMINHÕES UMA VITÓRIA LIMPA, QUE LAVOU A ALMA DOS ESPORTISTAS DE VERDADE

Kamaz-Master, rali Dakar, Chile
 
 

A equipe russa Kamaz-Master levou o Beduíno de Ouro após a correta decisão dos juízes baseada no regulamento da competição e vitória de Andrei Karginov. A explicação:

"Cada automóvel está equipado com a chamada caixa negra, que registra todos os movimentos e paradas, onde e quando tudo aconteceu. E a tripulação devia parar se encontrasse um automóvel capotado e prestar assistência. Trata-se de um esporte muito traumático, mais de sessenta pessoas morreram durante toda a história do rali Dakar. Os rapazes não passaram ao lado, pararam, viram que a tripulação estava bem e continuaram a corrida. O tempo de parada é descontado do total gasto pela tripulação no trecho especial".

O piloto holandês Gerard de Rooy, principal concorrente da equipe russa,  simplesmente passou ao lado do veículo capotado dos chineses, imaginando que dessa forma ganharia vantagem e a prova. Errou, fez papelão e não ganhou. É o que se chama vitória da esportividade. Ganhou o Esporte.

 

12/01

DESAFIO DAS ESTRELAS, PROVA DE KART EM SC, TEM VITÓRIA DE ITALIANO QUE  JÁ FOI CAMPEÃO MUNDIAL

o italiano Vitantonio Liuzzi largou na pole e liderou com autoridade e velocidade a oitava edição da corrida válida pelo título do Desafio das Estrelas de Kart, evento promovido por Felipe Massa, que também já venceu uma edição. O heptacampeão da F 1 Michael Schumacher ganhou duas vezes. Rubens Barrichello venceu uma das edições. Em 2014, Liuzzi, foi seguido pelo francês Sebastian Buemi e por Massa. Outros pilotos que já estiveram na F 1 e participaram esse ano: Luciano Burti, Antonio Pizzonia, Nelsinho Piquet  e Bruno Senna(sobrinho do tricampeão Ayrton). Outro nome de campeão do automobilismo mundial: Pietro Fittipaldi(neto de Emerson). Caçula entre os pilotos do evento, com 17 anos, já ganhou seu primeiro título nos Estados Unidos, aos 14 anos, em categoria de acesso à NASCAR.

MERCEDES COM PORTAS "ASAS DE GAIVOTA" E MOTOR V8 DE 631 CV CUSTA 1,2 MILHÃO DE REAIS NO BRASIL

Das 12 unidades destinadas aos brasileiros, nove já têm dono antes de desembarcar no País.

 Mercedes SLS AMG Black Series acelera em 3,6 segundos até os 100 km/h e atinge 317 km/h de velocidade máxima

O habitat natural dessa fera são as estradas com pavimentação de qualidade, e se destaca pela capacidade nas partes sinuosas devido ao aparato tecnológico composto por  bloqueio do diferencial e controles de estabilidade e de tração, que permitem acelerar.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

02/12

Porsche lança o novo 911 Turbo por R$ 899 mil. Depois aumenta R$ 50 mil

07/10

SEM ENXERGAR, A 300 KM POR HORA!
Deficiente visual chega a 300 km/h e quebra recorde

Ao volante  de um Porsche 911, o britânico  Mike Newman  registrou nova marca de velocidade e motiva os cegos a terem contato com os esportes a motor.

Newman atingiu os 300 km/h na pista de testes localizada em Leicestershire, superando a marca do cantor turco Metin Senturk, que detinha o recorde de 293 km/h com uma Ferrari F430.

02/10

SUL NÃO TERÁ FÁBRICA DA MERCEDES

 A Mercedes-Benz anunciou ontem (01) que a sua nova fábrica de automóveis no Brasil será em Iracemópolis no estado de São Paulo. Santa Catarina foi cogitada pela empresa

 

Os primeiros carros deverão sair da nova linha de montagem em 2016. A unidade deverá gerar mil empregos diretos.

 

20/09

RUSH RETRATA A REALIDADE DAS CORRIDAS DA F 1?
OPINIÃO E HISTÓRIA DOS FILMES SOBRE AUTOMOBILISMO
 
Apaixonado pelas corridas, tendo tido a oportunidade da experiência de competir nas pistas, não poderia deixar de assisitir RUSH No Limite da Emoção.Gostei mais do que pensei. Prende a atenção. Surpreende por alguns aspectos que revela...
 
A história da competitividade levada ao extremo e pelo lado pessoal por contendores donos de perfis opostos: O do inglês fanfarrão, James Hunt, falecido aos 45 anos após infarto e o do austríaco Niky Lauda, disciplinado, metódico, frio, calculista e ótimo acertador de carros. A personalidade de cada um reflete no desfecho de suas carreiras na Fórmula 1 e de seus casamentos.
 
Para quem acompanhou a F 1 nos anos 70, relembrar Clay Regazzoni, suíço bonachão que correu pela Ferrari em duas ocasiões diferentes, Mario Andretti, o ítalo-americano que em 78 foi Campeão Mundial pela Lotus, e o sul africano Jody Sheckter que aparece rápidamente algumas vezes no cockpit do Tyrrel de seis rodas e que se sagrou Campeão Mundial em 79 pilotando Ferrari. Flashs dos capacetes dos brasileiros José Carlos Pace, que perdeu a vida em acidente aéreo em 1975 e Emerson Fittipaldi, o bi campeão da F 1, que ao se transferir para a Fittipaldi, abriu a vaga na equipe McLaren para que Hunt pudesse chegar ao título no ano seguinte. 
 
Alguns filmes sobre as corridas e que fazem parte da história do cinema: Grand Prix, que talvez seja o melhor romance dramático com cenas espetaculares e muita emoção. O filme de 1966 ganhou o Oscar em três categorias; Le Mans com o astro Steve McQueen e a prova de mais longa duração disputada em autódromo fechado; O Fabuloso Fittipaldi, documentário de 1973, Um Momento Uma Vida de 1977com o astro Al Pacino, Fangio - Una Vita a 300 all'ora - Documentário de 1981 sobre o pentacampeão mundial da F 1; Formule Villeneuve - Documentário de 1981 sobre Gilles Villeneuve  Dias de Trovão, sobre a Nascar com o astro Tom Cruise; 500 Milhas, sobre a F Indy com o astro Paul Newmann; Alta Velocidade, com o astro Sylvester Stallone que dirigiu esse filme; Enzo Ferrari, de 2003; The Right to Win, de 2004 já retratava a vida profissional e pessoal do brasileiro Ayrton Senna; Do mesmo ano Monaco - Le Circuit des Princes é um documentário sobre o circuito que faz parte da F 1 desde 1950; Michael Schumacher Driven To Win de 2006 - Documentário mais completo já realizado sobre o heptacampeão da F 1; Luck Does Not Come Into It... Documentário de 2008 sobre a conquista do título da F 1 pelo inglês Lewis Hamilton. Detalhe: produzido pela FIA; Era dos Campeões Documentário brasileiro de 2010 com as carreiras de Emerson Fittipaldi, Nelson Piquet e Ayrton Senna; Formula 1's 60th Anniversary documentário de 2010 em comemoração aos 60 anos da F 1; Senna, documentário de 2010 sobre a carreira do brasileiro tri campeão, vítima de acidente em 1994 no GP de San Marino; Grand Prix: The Killer Years  - Documentário de 2011que reúne os acidentes fatais ocorridos na F 1 entre o final dos anos 50 e meados dos anos 70. He's Done It Again de 2011 - A FIA repetindo o que fez em 2008 sobre Hamilton, criou esse documentário sobre o então bicampeão Sebastian Vettel. O Rei da Jovem Guarda, Roberto Carlos foi piloto no filme de 1971 Roberto Carlos a 300 quilometros por hora. No elenco Otelo Zeloni, Flavio Migliaccio. Antes, em 1968 o também cantor Agnaldo Rayol estrelou Agnaldo, perigo à vista com a participação dos colegas cantantes Eduardo Araujo, Erasmo Carlos e Wanderléia, além de Jô Soares e Ronald Golias. Em 1980 outro brasileiro, Os campeões com Armando Bógus(que já faleceu) e José de Abreu nos papéis de pilotos.
 
FERRARI, O RECONHECIMENTO DE HOLLYWOOD

Entre 2013 e 2014 dois longas mostrarão toda a tradição e tecnologia por trás da Scuderia Ferrari: Enzo, e Maranello.                                                                                                                                       

Os 20 melhores filmes sobre a principal categoria do automobilismo mundial - 2 (Divulgação)

O brasileiro Emerson Fittipaldi e o argentino Juan Manuel Fangio, homenageados com documentários

Os 20 melhores filmes sobre a principal categoria do automobilismo mundial - 4 (Divulgação)

Os 20 melhores filmes sobre a principal categoria do automobilismo mundial - 9 (Divulgação)

Senna ganhou dois filmes e dividiu outro com Fittipaldi e Piquet

Outros filmes que têm o automóvel como elemento de atração: Arrancada Fatal( mesmo diretor de Velozes e Furiosos), As Novas Aventuras do Fusca, Bullit(com Steve McQueen), Carga Explosiva, Carros(Animação que já tem dois filmes), Fuga em Alta Velocidade, Fúria em Duas Rodas, Fúria Sobre Rodas, Golpe de Mestre(reedição de Um Golpe à Italiana), Gran Torino(com Clint Eastwood), 60 Segundos(com Nicolas Cage), Táxi, Se Meu Fusca Falasse, Speed Racer(misto de animação), Tucker(história de um pequeno construtor que ousou enfrentar as três grandes montadoras americanas), Um Golpe à italiana, Velocidade Sem Limites, e a série Velozes e Furiosos, sobre "rachas", as ilegais corridas de rua, de grande sucesso, comprovado pelos seis filmes já produzidos; Velozes e Mortais. A série 007 notabilizou-se também pelas constantes cenas em que as perseguições com carros dão um toque de ação. Aston Martin e BMW são os modelos usados pelos atores que já interpretaram o agente secreto britânico.

 
Bullit colocou nas telas a dupla MM: McQueen e Mustang.
 
Carros é daquelas produções destinadas ao público infantil e bem apreciadas por adultos. 

 

Golpe     Golpe de Mestre tem como destaques no “elenco” os Mini atuais, como já havia sido em Um Golpe à Italiana com a versão antiga do carrinho, que se transformou em carrão…

       

  Le          Le Mans retrata a prova francesa que é uma maratona de resistência por 24 horas.  

            

            60 Segundos mostra o mau exemplo de um especialista em roubar carros e sua paixão por Eleanor, não uma bela atriz e sim um Mustang Shellby. Táxi já teve a participação de Giselle Bundchen. 

               

               A  série Speed Racer, por mais absurdas as imagens por conta da irrealidade, é um clássico, com fãs no mundo todo.

 

            Tucker mostra as dificuldades por que passou o brasileiro Gurgel entre outros pequenos empreendedores que ousaram “pisar na grama do campo” das grandes montadoras.

end   

Um      Um Golpe à Italiana tem como astros três Mini que executam manobras espetaculares.

 

                Velocidade Sem Limites mostra uma linda mulher(a norte-americana Nadia Bjorlin) superando os marmanjos em desafios por altas somas de dinheiro.

        

            Velozes e Furiosos exalta a perigosa e proibida atividade dos “rachas”.

 

 

17/09

AUDI VOLTA A MONTAR CARROS NO PARANÁ, A PARTIR DE 2015

No que poderia ser chamada de invasão germânica, após BMW e Mercedes-Benz, a Audi anuncia a montagem de dois modelos em São José dos Pinhais

Na fábrica da VW já foi montado o A 3 Hatch. Agora, a marca de luxo do grupo optou pelo sedan da linha A 3, evitando concorrência com o Golf atualmente importado da Alemanha. O novo A3 montado no Brasil deve começar a circular no segundo semestre de 2015. No ano seguinte o SUV Q 3 poderá sair da fábrica em solo paranaense para as ruas e estradas de todo o País. O sedan A 3 concorre diretamente com o CLA da Mercedes(veja logo abaixo a informação publicada dois dias antes).

Q 3, provávelmente acima dos R$ 130 mil mesmo montado no Brasil

15/09

 

SANTA CATARINA PODERÁ RECEBER OUTRA MONTADORA

 

A Mercedes-Benz declarou que a sua nova fábrica de automóveis no Brasil deverá ser instalada em um dos dois estados: Santa Catarina ou São Paulo

 

A também alemã BMW estará iniciando em novembro a construção de sua unidade catarinense, em Araquari, e deve iniciar a produção em 2014. Da fábrica da Mercedes, inicialmente sairão dois modelos a partir de 2015: a próxima geração do sedã Classe C e o utilitário esportivo GLA. Atualmente o modelo de entrada da série C no Brasil, o 180, custa R$ 122 mil, equipado com motor  1.6 turbo e transmissão automática de 7 marchas.  O menor custo do transporte para outros países do MercoSul poderá ser determinante para a escolha do estado do Sul do Brasil.

CLA é o menor dos sedãs da marca alemã; modelo é caracterizado pelo caimento acentuado do teto e pela traseira curta Foto: Divulgação

CLA é o menor dos sedãs da marca alemã e é caracterizado pelo caimento acentuado do teto, que chega a ser curvo quando visto pela lateral. Terá produção em Aguascalientes, na planta mexicana da Nissan, conforme acordo global firmado em 2011 entre as duas marcas. Assim o CLA poderá chegar ao Brasil com menos impostos.                                                                                              Texto: Luciano Dellarole

FÁBRICA DA BMW EM SANTA CATARINA

  O modelo a ser produzido é o chamado "Série 1"

Será instalada entre as cidade de Florianópolis (SC) e Curitiba (PR), em Araquari, a  25 km de Joinville, a maior cidade de Santa Catarina. O porto de São Francisco do Sul fica a 30 km.

AS OUTRAS MONTADORAS NO SUL DO BRASIL

O Paraná tem unidades da sueca Volvo, das alemãs Audi/VW e da nipo-francesa Nissan/Renault. O Rio Grande do Sul tem as brasileiras Agrale (caminhões, tratores e utilitários), e Marcopolo Ônibus, e a americana GM em Gravataí.

BRASILEIRAS, GAÚCHAS

A Agrale tem 50 anos e oferece o utilitário Marruá em seis versões para uso civil e dez versões militares. Entre 1983 e 2006 fabricou 100 mil motocicletas. Parcerias com a Marcopolo(microônibus Volare), com a americana Navistar(caminhões International), com a alemã Deutz(tratores no Brasil e caminhões na Argentina) garantem a competitividade. A busca por tecnologia é constante e em 2006 a Agrale lançou o primeiro trator brasileiro com motor que permite o uso de biodiesel. Em 2009 o ônibus híbrido, diesel/elétrico, Agrale “Hybridus”. Em 2012 apresentou o Marruá Elétrico, projeto junto à Itaipu Binacional e à Stola do Brasil. Instalada em Caxias do Sul, na serra gaúcha, na chamada região do vinho. Nos três estados do Sul, 14 concessionárias do utilitário Marruá, sendo seis no RS, 5 no PR e 3 em SC.

A Marcopolo é a maior fabricante de ônibus, montando sobre chassis de qualquer marca, tanto modelos urbanos como rodoviários, incluindo biarticulados e os chamados "dois andares". Instalada em Caxias do Sul.

16/08

Carro de passeio de Ayrton Senna leiloado na Internet

Um Honda, modelo NSX, preto, ano 1993, que pertenceu ao tricampeão mundial Ayrton Senna, foi a  leilão na internet através do site Ebay.

O carro era utilizado pelo piloto brasileiro em Portugal, onde mantinha uma casa na região do Algarve.

honda

O carro foi colocado à venda por um antigo amigo de Senna, o banqueiro Antônio Carlos de Almeida Braga, que o conservou intacto por 17 anos.

Inicialmente cotado em £ 47.500(equivalentes a R$ 168 mil), o esportivo japonês foi arrematado por £ 65.509 (R$ 241 mil ).

O carro tem todos os itens originais e 50 mil quilômetros rodados, apesar dos 20 anos desde sua fabricação. Detalhe: Senna, piloto da equipe McLaren Honda, participou do desenvolvimento do modelo esportivo da montadora japonesa.

Obs:Tendo o carro sido de quem foi. E, sendo que o ídolo se foi, o valor não chega a impressionar

04/08

3º Encontro de Veículos Antigos e Especiais em Camboriú (SC).

Quem nunca sonhou em dirigir um Cadillac, como naquela música do Roberto Carlos? Ou ainda, não se encantou ao ver uma Lambreta ou um Willys-Overland bem conservados?

Quem gosta de veículos antigos terá a oportunidade de conferir nos dias 28 e 29 de setembro, na Praça das Figueiras, o 3º Encontro de Veículos Antigos e Especiais em Camboriú (SC). Na oportunidade, os interessados e curiosos poderão apreciar os mais diversificados modelos de veículos antigos de várias marcas, entre carros, caminhões, ônibus, motos e até bicicletas. A feira de peças antigas, presente no evento, também é uma oportunidade para os colecionadores que procuram equipamentos para seu veículo.  

O encontro é realizado pela Revista MotorMachine e conta com a expectativa de receber mais de 200 veículos. Segundo o Diretor Geral de Operações Terrestres, Aéreas e Marítimas, Sandro Rocha, “queremos mostrar a comunidade de Camboriú muitos carros antigos, fazendo com que as pessoas lembrem de momentos de infância, adolescência ou reconheçam os carros de filmes que se tornaram marcantes”. Para ele, o encontro é um presente do Comando do Anjo da Guarda Fest. 

Carretera, representante dos aúreos tempos do automobilismo amador, por pura paixão

O evento terá entrada gratuita para o público visitante e para cada carro exposto, será cobrado R$ 20,00 (Vinte Reais), que dará direito a um troféu e um diploma de participação, além do direito de concorrer a dezenas de prêmios. O encontro será na Praça das Figueiras, Centro de Camboriú, no dia 28 a partir das 14h, estendendo-se até as 23h. Dia 29 a partir das 08h, estendendo-se até as 18h.

Estrela que brilha em todo Encontro de Antigos

A Praça das Figueiras fica localizada na Rua Gustavo Richard, ao lado da Igreja Matriz, no Centro de Camboriú, a 05 min da BR 101.

 Informação recebida de Anjo da Guarda Fest /Sandro Rocha

NW: O evento acontece em Camboriu e não em Balneário. Quem trafegue no sentido Sul/Norte deve passar por baixo da BR 101.

25/06

Gaúchos ganham a terceira edição das MIL MILHAS HISTÓRICAS BRASILEIRAS

Rogério Franz e Mario Nardi com Mercedes 350SLC 1973 são os campeões da prova disputada por estradas de SP, RJ e MG. Em segundo Corvette 1963, e em terceiro Mercedes 350 SL 1973.

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) participou de evento competitivo nos Estados Unidos

A competição da Fórmula SAE realizada em Lincoln, Nebraska reuniu estudantes de Engenharia da Austria, Canadá, India, Japão e México além das equipes do Brasil e dos EUA. O protótipo desenvolvido pelos alunos gaúchos, um pequeno monoposto, tem peso de 230 Quilos e atinge os 180 km/h.

13/06

INTERNATIONAL INICIA PRODUÇÃO DE CAMINHÕES NO RIO GRANDE DO SUL

A empresa americana inaugurou sua fábrica em Canoas e poderá fabricar até 5 mil unidades/ano. Na mesma planta já opera a linha de montagem dos motores MWM International. Dentro do Programa Inovar-Auto os dois modelos, o pesado 9800i e o DuraStar terão 65% de componentes nacionais. A meta é ambiciosa: Aumentar as vendas em 35% em 2013, comparadas às de 2012.

EVENTOS

FENAJIPE em Brusque-SC de 29 de maio a 02 de junho __________________________________________________________________________________________________

Ao Sul do Brasil: Salão Internacional do Automóvel de BUENOS AIRES - Argentina de 20 a 30 de junho __________________________________________________________________________________________________

EM OUTUBRO CANELA TERÁ ENCONTRO DE PROPRIETÁRIOS E FÃS DE UM CLÁSSICO ENTRE OS CARROS: O MINI COOPER

 
De 11 a 13 de outubro acontecerá em Canela-RS o 7º Encontro Sul-Americano de Mini Cooper Clássico. O evento que é inédito no Brasil, será organizado pelo Club Mini do RS - Brasil, que esteve presente nas últimas edições, em Rivera (2010), Buenos Aires (2011) e Córdoba (2012), o encontro é em comemoração ao cinquentenário do Mini Cooper. Os membros da diretoria do clube, Delmar Perizzollo e Gabriel Stumpf, estiveram com o prefeito de Canela, Cléo Port, apresentando o evento e  obtendo a confirmação de apoio da Prefeitura. Para a ocasião, são esperados mais de 70 Minis, que virão da Argentina, Chile, Paraguai, Uruguai e, claro, do Brasil, reunindo apaixonados por carros antigos. Os veículos estarão envolvidos em diversas provas e atividades que vão movimentar a cidade.
 
O evento além da divulgação de Canela, contribuirá com toda a Região da Hortênsias, uma vez que as distâncias são curtas até as cidades vizinhas.   Lançado em 1959, pela British Motor Corporation (BMC), o Mini Cooper é um ícone da história da indústria automotiva. Ganhou notoriedade nos ralis. Clássico, é a definição própria para o modelo compacto. Conhecido também por ser o carrinho usado pelo personagem humorístico Mr. Bean, o Mini Cooper foi destaque no filme "Um Golpe a Italiana". O 7º Encontro Sul-Americano de Mini Cooper Clássico tem o apoio da Prefeitura de Canela e da Federação Brasileira de Carros Antigos, e contará com a cobertura exclusiva da revista Mini World, da Inglaterra. Mais informações no site www.clubmini.com.br

__________________________________________________________________________________________________

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Impressões ao Dirigir

Novo Kia Cerato Texto e fotos Luciano Dellarole

A indústria automobilística tem mostrado agilidade num segmento de alta competitividade. As marcas asiáticas, japonesas num primeiro momento (anos 80 e 90) e coreanas mais recentemente (últimos 15 anos) vem degladiando pela preferência do consumidor de todas as partes do mundo.

O Brasil é um dos maiores mercados, e embora tenha muitas montadoras produzindo aqui, tem espaço para os modelos importados, que como regra geral oferecem maior modernidade, mais recursos, design atraente, acabamento mais sofisticado e o sabor do status pela diferenciação.

Após essa ligeira introdução, vamos falar de um recente lançamento da Kia Motors aqui no Brasil: Novo Cerato. Outro carro, se comparado ao anterior. E, tem no design o atrativo inicial. A inclinação do teto e das colunas traseiras conferem esportividade às linhas do sedan.

A Ponto K, concessionária Platinum da Kia em Curitiba, a capital paranaense, concedeu ao Sul Acontece a oportunidade de utlilizar uma unidade equipada com transmissão automática de seis velocidades(termos técnicos!). Em português claro: Câmbio automático de seis marchas, à frente, mais a ré.

O ponto alto do carro é o conjunto Power Train, terminologia usada pela Engenharia das fábricas e pela Imprensa especializada e que significa a combinação motorização/ transmissão, ou simplesmente motor e câmbio. A troca de marchas pode ser no modo automático sem interferência do condutor, ou através de simples toques nas alavancas atrás do volante de direção, comandos popularmente chamados "borboletas" e oficialmente denominados "Paddle Shifts". Quem preferir fazer as mudanças de marchas pela alavanca no console central precisa de apenas um curto e suave movimento. A evolução ou redução acontece rápidamente e de forma quase imperceptível mesmo para os mais atentos.

EFICIÊNCIA

O valor da tecnologia aplicada ao projeto e desenvolvimento do motor e câmbio do Novo Cerato pode ser medido pelas marcas de consumo registradas durante o percurso Curitiba/Morretes, pela Estrada da Graciosa, a bela Serra paranaense. Ao chegar à pitoresca Morretes o Kia havia consumido 1 litro de gasolina a cada 18 quilometros. A média de 18 km/l soa estranha, parecendo até conversa de pescador. Bendito computador de bordo e câmera que permitem aqui reproduzir o registrado.

Calçamento na Serra da Graciosa

  Recepção arquitetônica na chegada a Morretes

Ponte metálica sobre o rio Nundiaquara, que completou 100 anos em 2012

A volta a Curitiba, subindo a Graciosa surpreendeu pela disponibilidade de fôrça do motor 1.6 óbviamente aproveitada ao máximo pela transmissão cuja adequação julgo perfeita. Quando parecia estar em terceira marcha, o Novo Cerato estava usando a quarta, e quando imaginava ser a  quarta a marcha selecionada, constatava ser a quinta! Quem conhece a estrada estará impressionado ou mesmo incrédulo. A disposição do propulsor de 127 cv é impressionante, e fruto da tecnologia adotada. O consumo médio até a chegada e devolução à Ponto K foi de 14 km/l. E, isso deve ser normal, pois foi o número que ouvi do Fernando, o colaborador da concessionária que recebeu o carro, ao responder à minha pergunta: Qual a média de consumo que acha que fez daqui a Morretes pela Graciosa, ida e volta?

As rodas aro 16 contribuem para o conforto ao trafegar sobre paralelepípedos, que é o tipo de calçamento de parte da Estrada da Graciosa, exatamente no trecho sinuoso.

PREÇO

No lançamento(abril 2013) R$ 79 mil. Concorre com outros asiáticos como Honda Civic, Toyota Corolla, Hyundai Elantra e Mitsubishi Lancer. Não incluo o Nissan Sentra pois o modelo à venda no Brasil não é o atual. Enfrenta o VW Jetta. Pode atrair potenciais clientes do Ford Fusion.

O QUE OFERECE

Bancos revestidos em couro de ótimo aspecto e tato agradável, Computador de Bordo, Piloto Automático(Controlador de Velocidade), Espelhos externos rebatíveis elétricamente, comando elétrico para os vidros das quatro portas e para regulagem das lentes dos retrovisores externos e travamento das portas através de comando no chaveiro. O motorista deve estar atento ao fato de que ao comandar o travamento das portas, não ocorre o fechamento dos vidros, algo que me pareceu estranho num carro da categoria do Cerato. Tem sensores de distância no pára-choques traseiro que emitem sinal sonoro. O ar condicionado digital é o chamado Dual Zone, permitindo regular diferentes temperaturas para motorista e passageiro. O freio a disco nas quatro rodas tem sistema ABS. O controle do volume do som é no volante. E, também o da regulagem da direção, que a um simples toque muda de Confort para Normal e no seguinte para Sport, a indicada para se dirigir na estrada e principalmente em trechos de serra.  

HISTÓRIA DA MARCA NO BRASIL

A Kia está presente no mercado brasileiro desde a reabertura das importações de veículos em 1990. A van Besta teve grande sucesso e abriu caminho para os modelos do segmento como Ducato(Fiat) e Sprinter(Mercedes Benz) entre outros. Na linha SUV – Sport Utility Vehicle, tem o Sportage como carro-chefe nas vendas. O modelo está em sua terceira geração aqui no País, assim como acontece com o Cerato. Tem ainda os SUV Sorento e Mohave. O pequeno Picanto é de um segmento que tem oferta de dezenas de modelos nacionais, o que impede maior volume de vendas. O Cerato na versão esportiva de duas portas não teve até aqui boa aceitação. Os sedans de maior porte “esbarram” nos modelos alemães, de maior tradição.

A Kia Motors do Brasil é um empreendimento bem sucedido dentre outros do Grupo Gandini, de família de Itu-SP. O centro administrativo e a central de peças de reposição está em Jundiaí, a poucos quilômetros da capital paulista.

Ponto K  Rua Mal. Floriano Peixoto 1791 - Rebouças - Curitiba - PR. kiapontok.com.br

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Lamborghini Aventador LP700-4 à venda no Brasil por R$ 2,6 milhões. Construído em fibra de carbono e equipado com motor V12 de  700 cv de potência.

Tem câmbio automatizado de dupla embreagem com sete marchas e suspensão baseada em carros de corridas. Acelera de 0 a 100 km/h em 2,9 segundos e é capaz de chegar aos 350 km/h

Dá para encarar?

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

O CARRO DO REI

O carro do Rei da música, Roberto Carlos atinge 325 km/h. Equipado com  tração integral (4x4) e com rodas de 19 polegadas de diâmetro, para asfalto bom. Novembro 2012

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

 

SERÁ QUE A FIAT VAI TRAZER PARA O BRASIL?
Alfa Romeo MiTo: Mi é de Milano. To, de Torino. No Brasil custaria acima de R$ 90 mil.
E, marcaria a volta da marca del "cuore sportivo" ao País.

__________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

DUPLA DE GAROTOS PROPAGANDA FORMADA POR CAMPEÕES

Os ingleses Hamilton(E) e Button(D) já se sagraram campeões da F 1 pela McLaren.

A dupla de pilotos, em lançamento de carro de rua da McLaren

_________________________________________________________________________________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________________________________________________________________________________